Mercado fechado
  • BOVESPA

    114.647,99
    +1.462,52 (+1,29%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.798,38
    +658,14 (+1,26%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,66
    +1,35 (+1,66%)
     
  • OURO

    1.768,10
    -29,80 (-1,66%)
     
  • BTC-USD

    60.651,78
    -1.426,15 (-2,30%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.464,06
    +57,32 (+4,07%)
     
  • S&P500

    4.471,37
    +33,11 (+0,75%)
     
  • DOW JONES

    35.294,76
    +382,20 (+1,09%)
     
  • FTSE

    7.234,03
    +26,32 (+0,37%)
     
  • HANG SENG

    25.330,96
    +368,37 (+1,48%)
     
  • NIKKEI

    29.068,63
    +517,70 (+1,81%)
     
  • NASDAQ

    15.144,25
    +107,00 (+0,71%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3297
    -0,0741 (-1,16%)
     

Criminosos usam cópias piratas do novo filme de James Bond para espalhar malware

·2 minuto de leitura

Cinéfilo, atenção! Se você não vê a hora de assistir a Sem tempo para morrer, o novo filme de James Bond, segure a emoção se encontrar um link que promete ter a obra: muitos deles são malwares disfarçados. Quem descobriu a manobra foram pesquisadores da Kaspersky, que encontraram diversos arquivos maliciosos que se passam pelo título.

Em geral, o pacote inclui vírus perigosos: cavalos de Troia criados para obter dados de login e usá-los para criar backdoors nos computadores dos usuários. Os analistas encontraram, ainda, adware e ransomware que tentam se passar pelo filme.

Além disso, vários sites de phishing têm supostos links para a produção. Depois de assistir aos primeiros minutos, entretanto, o usuário precisa se registrar e inseris dados de cartão de crédito para continuar. Quando completa o cadastro, porém, não consegue mais assistir. Os cibercriminosos, então, usam as informações para fazer cobranças no cartão e ainda ficam com elas para usar em outras fraudes.

Imagem: Divulgação/MGM
Imagem: Divulgação/MGM

Tatyana Shcherbakova, especialista da Kaspersky, lembra que filmes sempre foram usados por cibercriminosos para espalhar malware e levar usuários a sites de phishing. Com a pandemia, as estreias passaram a ocorrer em sites de streaming legítimos e essa prática ganhou impulso.

Os golpistas estão prontos para ganhar dinheiro com estreias muito aguardadas. "O público está ansioso para ver o filme e esquece da cibersegurança", aponta Tatyana. "É importante manter-se atento às paginas que visita, não fazer download de arquivos de qualquer site e ter cuidado ao compartilhar informações pessoais."

A Kaspersky recomenda que os usuários fiquem atentos às extensões dos arquivos. Um arquivo em vídeo, por exemplo, nunca terá extensão .exe ou .msi. E mais: é importante usar um software de segurança que identifique anexos maliciosos e bloqueie sites de phishing.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos