Mercado fechado
  • BOVESPA

    114.647,99
    +1.462,52 (+1,29%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.798,38
    +658,14 (+1,26%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,66
    +1,35 (+1,66%)
     
  • OURO

    1.768,10
    -29,80 (-1,66%)
     
  • BTC-USD

    61.628,28
    +2.357,36 (+3,98%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.464,06
    +57,32 (+4,07%)
     
  • S&P500

    4.471,37
    +33,11 (+0,75%)
     
  • DOW JONES

    35.294,76
    +382,20 (+1,09%)
     
  • FTSE

    7.234,03
    +26,32 (+0,37%)
     
  • HANG SENG

    25.330,96
    +368,37 (+1,48%)
     
  • NIKKEI

    29.068,63
    +517,70 (+1,81%)
     
  • NASDAQ

    15.144,25
    +107,00 (+0,71%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3297
    -0,0741 (-1,16%)
     

Sem G-4 para o Leão! Com pênalti e expulsões, Remo vence Avaí

·5 minuto de leitura


Na busca por uma vaga no G-4, o Avaí entrou em campo nesta quinta-feira, 16, diante o Remo, em jogo válido pela 23ª rodada do Brasileirão Série B 2021. Jogando no Baenão, em Belém, os times brigaram a todo tempo pelos três pontos. Em um jogo bastante movimentado, com direito à expulsões e pênalti

Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

COMEÇO MOVIMENTADO!

Buscando a vitória desde o apito inicial, as equipes começaram com grande intensidade. Aos 4, o Avaí já teve uma grande chance de abrir o placar. Na jogada, Bruno Silva lançou, Vinicius Leite desviou, e Getúlio conseguiu ficar na cara do gol. O atacante avançou, porém, na hora de finalizar, mandou pelo lado de fora das redes.

RESPOSTA À ALTURA!

O Remo não ficou para trás e não demorou para assustar o Leão, também quase abrindo o placar do Baenão. Aos 8, Gedoz recebeu de Lucas Siqueira e aproveitou para mandar uma bomba de fora da área. A bola passou perto do gol de Gledson. Um minuto depois, o Avaí, na recuperação, apareceu com Lourenço, que tentou de longe. A bola parou na defesa de Vinicius.

TRUNCADOS?!

Ainda com os ânimos bastante animados, os times seguiram na pressão a todo momento. Enquanto o Remo pressionava a saída de bola, o Avaí aproveitava os contra-ataques deixados pelos donos da casa. Aos 14, os mandantes apareceram com Matheus. Após cobrança de falta ensaiada, Gedoz rolou para o atacante, que mandou uma bomba. A bola foi no meio para a defesa de Gledson, que espalmou.

CONTRA-ATAQUE E DEFESAS…

O jogo seguiu com o mesmo panorama: o Remo pressionando, enquanto o Avaí buscava o erro do adversário. No entanto, os donos da casa conseguiam ficar mais com a bola, dificultando as jogadas do Leão.

DE CANHOTA!

Depois de uns minutos de equilíbrio, os catarinenses conseguiram se livrar dos erros e tiveram uma grande oportunidade de marcar. Aos 37, Lourenço mandou para Copete, que encontrou um espaço e mandou uma bomba de canhota na entrada da área. A bola foi por cima.

PLACAR ABERTO!

Aos 39, Gedoz tentou de voleio, mas pegou errado e mandou para a linha de fundo. Foi apenas aos 43 que a equipe remista conseguiu abrir o placar do Baenão. Na jogada, Victor Andrade se infiltrou nas linhas do Avaí e, após receber de Matheus Oliveira, tocou na saída de Gledson. O gol foi confirmado após análise do VAR.

EM BUSCA DO EMPATE!

Após levarem o gol, o Avaí, que tem uma das melhores defesas da competição, começou a correr atrás do prejuízo. Aos 44, Vinicius Leite cruzou da esquerda, e a bola bateu na grama, quase enganando o goleiro do Remo. No reflexo, Vinicius conseguiu defender.

PÊNALTI POLÊMICO!

O segundo tempo voltou animado. Aos 10, Edilson bateu com muita força, fazendo a bola ganhar bastante força e só parar na defesa do goleiro Vinicius, que espalmou. No rebote, Copete disputou com Marlon e acabou caindo na área. O colombiano, afirmando ter sido atingido com o pé na cabeça, pediu pênalti. Após análise do VAR, o árbitro marcou. Edilson foi para a bola e mandou no lado direito. Vinicius espalma, mas o próprio lateral do Leão completou. 1 a 1.

ÂNIMOS AFLORADOS E INTENSIDADE...
O jogo seguiu em alto nível, com ambas as equipes buscando o gol a todo momento. Aos 17, o Avaí apareceu com Bruno Silva, que pegou de primeira a sobra na entrada da área. A bola, porém, passou por cima do gol do Remo.

NA RUA...

A situação ficou mais complicada para o lado do Remo aos 20. Após ter xingado o árbitro, Victor Andrade foi expulso do banco de reservas. O autor do primeiro gol dos donos da casa virou desfalque para a próxima partida da equipe remista.

GOL... CONTRA!

O jogo se manteve bastante disputado, com o segundo gol do Remo saindo em uma confusão. Aos 26, Pingo levantou, e Fagner Alemão disputou pelo alto com Lucas Siqueira. Alemão acabou desviando contra a própria meta, tirando Gledson da jogada. Remo novamente em vantagem.

MAIS UM NA RUA...

Muito faltoso e de grande intensidade, o jogo se tornou ainda mais dramático aos 31. Depois de chutar a bola em direção ao banco de reservas do Remo, Edilson recebeu o segundo amarelo, indo também mais cedo para o vestiário.

CORRENDO CONTRA O TEMPO!

Querendo se aproximar ainda mais do G-4, o Avaí seguiu procurando o gol do empate a todo momento. Aos 34, Copete teve uma boa oportunidade. Jansen afastou a bola nos pés do atacante, que viu Vinicius fora do gol e arriscou. A bola, porém, foi pela linha de fundo.

TENTANDO O TERCEIRO...

O Remo seguiu a pressão. Aos 46, Raimar apareceu dentro da área e finalizou. No entanto, a bola foi por cima do gol do Avaí. Dois minutos depois, foi a vez de Lucas Tocantins tentar. O atacante, do lado esquerdo, bateu cruzou, mas Gledson fez a defesa. Aos 49, Rafinha recebeu dentro da área, levou para a canhota e mandou uma bomba. A bola foi pela linha de fundo. Sem outros sustos, o jogo acabou no 2 a 1.

FICHA TÉCNICA
Remo 2 x 1 Avaí
Local: Baenão, em Belém (PA)
Data e hora: 16/09/2021 - às 21h30 (de Brasília)
Árbitro: José Mendonça da Silva Junior (PR)
Assistentes: Jefferson Cleiton Piva da Silva (PR) e João Fabio Machado Brischiliari (PR)
VAR: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Cartões amarelos: Marcos Júnior (Remo); Edilson, Fagner Alemão, Bruno Silva e João Lucas (Avaí)
Cartões vermelhos: Victor Andrade (Remo); Edilson (Avaí)

Gol: Victor Andrade, aos 43’/1°T (1-0); Edílson, aos 14'/2ºT (1-1); Fábio Alemão, aos 26'/2ºT (2-1) (GC)

REMO (Técnico: Felipe Conceição)

Vinícius; Wellington Silva, Rafael Jansen, Marlon e Raimar; Arthur (Romércio, aos 29'/2ºT), Lucas Siqueira, Marcos Júnior (Pingo, aos 16’/2°T) e Felipe Gedoz (Renan Gorne, aos 29'/2ºT); Matheus Oliveira (Rafinha, aos 26'/2ºT) e Victor Andrade (Lucas Tocantins, aos 16’/2°T).

AVAÍ (Técnico: Claudinei Oliveira)

Glédson; Edilson, Betão, Fagner Alemão e João Lucas (Diego Renan, aos 42'/2ºT); Bruno Silva, Jean Cléber e Lourenço (Valdívia, aos 42'/2ºT); Copete (Jonathan, aos 36'/2ºT), Getúlio (Renato, aos 21'/2T) e Vinícius Leite (Romulo, aos 21'/2ºT).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos