Mercado abrirá em 5 h 25 min
  • BOVESPA

    107.664,35
    -786,85 (-0,73%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.102,55
    -339,66 (-0,75%)
     
  • PETROLEO CRU

    81,84
    +0,61 (+0,75%)
     
  • OURO

    1.681,50
    +12,90 (+0,77%)
     
  • BTC-USD

    19.559,04
    +244,88 (+1,27%)
     
  • CMC Crypto 200

    447,12
    +1,14 (+0,26%)
     
  • S&P500

    3.640,47
    -78,57 (-2,11%)
     
  • DOW JONES

    29.225,61
    -458,13 (-1,54%)
     
  • FTSE

    6.910,05
    +28,46 (+0,41%)
     
  • HANG SENG

    17.263,99
    +98,12 (+0,57%)
     
  • NIKKEI

    25.937,21
    -484,84 (-1,83%)
     
  • NASDAQ

    11.334,00
    +105,75 (+0,94%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2952
    -0,0028 (-0,05%)
     

Sem crise: empresa de chips vai priorizar os produtos da Apple

·1 min de leitura
Sem crise: empresa de chips vai priorizar os produtos da Apple
Sem crise: empresa de chips vai priorizar os produtos da Apple

A escassez global de chips continua afetando a indústria de eletrônicos, mas a multinacional taiwanesa TSMC, uma das principais fabricantes de semicondutores, anunciou uma mudança para tentar diminuir os impactos da crise. A empresa decidiu priorizar os pedidos da Apple e das montadoras de automóveis no decorrer do terceiro trimestre deste ano.

A informação foi divulgada nesta terça-feira pelo portal asiático Digitimes. Segundo a publicação, os pedidos de componentes da Apple vão receber a atenção primária da TSMC. A fabricante é a principal responsável pela fabricação dos chips da série A, presentes nos iPhones e iPads, bem como os novos chips da linha M, usado ​​nos Macs e no novo iPad Pro. Vale lembrar que Apple chegou a declarar em abril que a escassez de chips poderia limitar a produção em 2021.

A indústria automobilística é outro segmento que também é destaque na crise dos chips. A falta de componentes eletrônicos segue afetando o cronograma de produção de várias empresas, como, por exemplo, a Volkswagen e a General Motors do Brasil.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!