Mercado fechado
  • BOVESPA

    125.849,96
    +797,18 (+0,64%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.922,13
    +653,68 (+1,30%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,14
    +0,07 (+0,10%)
     
  • OURO

    1.797,80
    -4,00 (-0,22%)
     
  • BTC-USD

    39.193,62
    +4.870,00 (+14,19%)
     
  • CMC Crypto 200

    931,97
    +16,48 (+1,80%)
     
  • S&P500

    4.422,23
    +10,44 (+0,24%)
     
  • DOW JONES

    35.144,71
    +83,16 (+0,24%)
     
  • FTSE

    7.025,43
    -2,15 (-0,03%)
     
  • HANG SENG

    26.192,32
    -1.129,66 (-4,13%)
     
  • NIKKEI

    27.833,29
    +285,29 (+1,04%)
     
  • NASDAQ

    15.099,00
    +1,00 (+0,01%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1069
    -0,0147 (-0,24%)
     

Sem citar investimento, Bolsonaro inaugura centro de indústria 4.0 com foco em 5G

·3 minuto de leitura
SOROCABA, SP - 25.06.2021: BOLSONARO-SP - O presidente Jair Bolsonaro participa de visita de demonstração do 5G AGRO, na Faculdade de Engenharia de Sorocaba (Facens), em São Paulo, nesta sexta. (Foto: Danilo Verpa/Folhapress)
SOROCABA, SP - 25.06.2021: BOLSONARO-SP - O presidente Jair Bolsonaro participa de visita de demonstração do 5G AGRO, na Faculdade de Engenharia de Sorocaba (Facens), em São Paulo, nesta sexta. (Foto: Danilo Verpa/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e o ministro Marcos Pontes, de Ciência, Tecnologia e Inovações, inauguraram nesta sexta (25) em Sorocaba (SP) um centro para desenvolvimento e fomento a tecnologias 4.0 e internet 5G. Chamado de CET (Centro de Excelência em Tecnologia) 4.0, o local fica integrado ao Parque Tecnológico de Sorocaba.

O modelo industrial 4.0 é baseado na automação, na robótica e na conectividade entre diferentes máquinas e sistemas.

O governo não disse quanto investiu no local, que também recebeu aporte do parlamentar Vitor Lippi (PSDB-SP). Ressaltou que a iniciativa vai criar postos de trabalho, sem especificar a projeção, e capacitar pessoas em tecnologias 4.0, além de servir como uma ponte de conexão com o setor industrial interessado em consultoria para adoção desse conceito.

Segundo o MCTI, esse modelo de parceria para o desenvolvimento de tecnologias poderá ser replicado em indústrias, universidades, escolas técnicas e organizações.

A iniciativa faz parte do Plano Nacional de IoT (Internet das Coisas), promulgado em 2020, e da estratégia brasileira para a transformação digital -um conjunto de ações idealizado na gestão de Michel Temer para colocar o Estado como facilitador para a digitalização do setor produtivo.

Bolsonaro chegou ao local em pé, na porta de um carro, sem máscara. Ovacionado por apoiadores, entregou medalhas e tirou selfies com adolescentes ganhadores da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica.

Ao falar com a imprensa, disse que a Polícia Federal vai abrir inquérito para investigar a compra da vacina indiana Coxavin, defendeu o voto impresso para 2022, atacou jornalistas e voltou a falar sobre hidroxicloroquina, medicamento ineficaz para o tratamento da Covid-19, como apontado por pesquisas científicas.

O presidente também repetiu o discurso de que os governadores estrangularam a economia ao impor medidas de restrição social. "Muitos deixaram arrebentar a economia, deixando mais humildes em casa. Nós gastamos R$ 300 bilhões com auxílio emergencial, o que equivale a dez anos de Bolsa Família", afirmou. Ele não respondeu se ampliará o benefício.

Além de Bolsonaro e Marcos Pontes, estavam presentes os ministros Tereza Cristina (Agricultura), Fábio Faria (Comunicações) e o prefeito de Sorocaba, Rodrigo Manga (Republicanos). Eles também visitaram o Centro Universitário Facens, onde grupos pró e contra Bolsonaro se manifestavam. Houve um princípio de tumulto e a cavalaria da Polícia Militar interviu.

Durante a cerimônia, Bolsonaro participou de uma demonstração em uma máquina agrícola guiada por satélite e internet 5G.

O leilão de frequência 5G da Anatel está previsto oficialmente para julho deste ano. "Até julho de 2022, todas as capitais do Brasil terão 5G", disse Faria. Segundo ele, a estimativa é que o edital seja votado nas próximas semanas para que o leilão seja realizado nos próximos meses.

A equipe de Faria viajou aos Estados Unidos no início deste mês para se reunir com empresas de tecnologia, entre elas fornecedoras de equipamentos 5G, e com o governo americano. Na ocasião, a pasta anunciou que o BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) aprovou US$ 2 bilhões de crédito para o Brasil, com metade do recurso prevista para programas de inclusão digital.

O governo tem destacado o 5G uma alternativa para levar internet aos desassistidos de conexão (cerca de 40 milhões, embora as pessoas com acesso precário seja muito maior). Ainda não há, entretanto, uma garantia de que a tecnologia será priorizada em regiões remotas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos