Mercado abrirá em 1 h 39 min

Sem acordo, Atlético-MG desiste de Sampaoli

Sampaoli já havia dito "não" para Santos e Palmeiras (Gabriel Machado/Agif)

Apesar de ter feito a maior proposta financeira da história do clube para um treinador, o Atlético-MG não conseguiu chegar a um acordo financeiro com Jorge Sampaoli e desistiu de contratá-lo na tarde desta sexta-feira. “Não vai rolar”, resumiu um dirigente atleticano, em rápido contato com o Blog, sobre a resposta aguardada do argentino.

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM
SIGA O YAHOO ESPORTES NO FLIPBOARD

Com a ajuda de parceiros comerciais, o Atlético prometeu pagar R$ 1,2 milhão por mês de salário a Sampaoli e sua comissão técnica. O valor ainda ficou abaixo da pedida do argentino, de R$ 1,5 milhão mensal.

Leia também:

Mas a maior diferença se deu em relação às exigências do treinador para assumir o Galo. Ele cobrava investimento superior a R$ 60 milhões na temporada de 2020 e cerca de dez novos atletas. Em grave crise financeira, com salários e direitos de imagem atrasados, o clube não se viu confortável para assegurar tanto dinheiro.

A partir de agora, o Atlético vai concentrar seus esforços em outro treinador. E existe pressa, levando em consideração a proximidade do fim do ano e da reapresentação do elenco, após as férias. A possibilidade maior é de outro estrangeiro: Juan Carlos Osório e Dudamel agradam.

Já Sampaoli não chegou a um acordo com o terceiro clube brasileiro em menos de três semanas. Primeiro, ele se rejeitou a ficar no Santos. Depois, não fechou com o Palmeiras e agora, o Galo. Há quem aposte que o argentino está esperando a possibilidade de Jorge Jesus não ficar no Flamengo, de olho na vaga para 2020.

Veja mais de Jorge Nicola no Yahoo Esportes

Siga o Yahoo Esportes

Twitter | Flipboard | Facebook | Spotify | iTunes | Playerhunter