Mercado abrirá em 5 h 58 min

Selic vai a 13,75%: veja como fica o rendimento de sua conta digital

Nesta quarta-feira (21), o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu manter a taxa Selic em 13,75% ao ano, definida desde o início de agosto. A taxa básica de juros já foi elevada 12 vezes desde março de 2021, quando bateu o recorde de alta desde 1999. Segundo analistas, a taxa deve permanecer neste patamar até junho de 2023, quando haverá um recuo para 13,5%, chegando a 11,25% até o fim do ano que vem.

A notícia não é muito bem-vinda para a população brasileira, visto que a alta da taxa tem como consequência o aumento dos valores dos produtos e serviços no mercado. No entanto, os clientes de fintechs, como Nubank, Mercado Pago e Picpay, podem ver seu dinheiro render um pouco mais. Confira:

Por que as fintechs rendem mais?

A maioria dessas contas não é reajustada pela poupança, mas pelo Certificado de Depósito Interbancário (CDI) — título emitido em operações interbancárias e um dos principais indicadores de investimentos. Na prática, uma conta que rende 100% da CDI ao ano está obedecendo à Taxa de Depósito Interbancário (DI), que acompanha a taxa geral de juros, seguindo a Bolsa B3. Atualmente, a Taxa DI está em 13,65%, valor próximo dos 13,75% da atual Selic.

Muitas contas digitais oferecem de 100% a 220% do valor do CDI, sob condições específicas de cada empresa. Vale ressaltar que outros fatores podem alterar o lucro líquido, como a alíquota do imposto de renda. O percentual de tributação varia entre 15% (para aplicações de mais de 720 dias) a 22,5% (para menos de 180 dias) sobre o rendimento. A exceção vai para os fundos de ações, fixados em 15%.

Além disso, o imposto sobre Operações Financeiras (IOF) incide sobre os rendimentos das aplicações com prazo inferior a 30 dias. Isto é, ele só será cobrado caso o investidor aplique seu dinheiro e faça o resgate antes de o investimento completar um mês. A partir de 30 dias, porém, não há mais a cobrança do IOF.

Por fim, algumas empresas cobram taxas de administração. "Rendimentos em CDB com investimento automático não têm essa taxa. E fundos que investem em renda fixa, sem ser de crédito privado, também não", sugere Pedro Lima, economista e CEO da fintech Meu Acerto.

Quanto a minha conta digital vai render?

Uma aplicação de R$1.000 na NuConta, do Nubank, chega a R$ 1.136,50 brutos em 12 meses (Imagem: Nubank/Divulgação)
Uma aplicação de R$1.000 na NuConta, do Nubank, chega a R$ 1.136,50 brutos em 12 meses (Imagem: Nubank/Divulgação)

É importante lembrar que cada empresa oferece condições específicas para cada tipo ou condição de investimento, então os valores da tabela abaixo são brutos e sujeitos a mudanças. Dito isso, veja quanto ficaria o valor de R$ 1.000 em um ano de rendimento nestas contas, a seguir;

Conta Digital

Rendimento

Quanto ficaria R$ 1.000 após 12 meses*

99Pay

100% (valores excedentes a R$ 500) a 220% (valores até R$ 500) da CDI

R$ 1.136,50

Banco Original

100% (após 180 dias) a 120% (após 1080 dias) do CDI

R$ 1.136,50 e R$ R$ 1.163,80

C6 Bank

CDB (rendimento não automático), com 100% a 113% (após 4 anos) do CDI

R$ 1.136,50 e R$ 1.154,20

Credicard

100% do CDI

R$ 1.136,50

Digio

100% do CDI

R$ 1.136,50

Inter

CDB com 100% do CDI

R$ 1.136,50

Mercado Pago

100% do CDI

R$ 1.136,50

Neon

CDB com 100% a 104% do CDI

R$ 1.136,50

Nubank

100% do CDI

R$ 1.136,50

Pagbank

CDB, com 100% do CDI

R$ 1.136,50

Picpay

102% ao CDI

R$ 1.139,20

* O cálculo é bruto sobre a taxa do CDI, ou seja, não leva em conta fatores como os descontos de 15% a 22,5% anuais do Imposto de Renda, IOF no caso de resgates anteriores a 30 dias e taxas de administração das financeiras

E na poupança?

As fintechs costumam vender suas contas digitais como "rendem mais do que a poupança". E de fato é verdade: infelizmente a poupança mantém o rendimento bruto estável em 7,13% ao ano. Com isso, o cliente que aplica R$ 1.000 recebe, 12 meses depois, cerca de R$ 1.085,30. Um valor inferior às simulações acima, mesmo considerando que a poupança não é tributada no IR nem é abocanhada pelo IOF.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: