Mercado abrirá em 1 h 29 min

Self-service fica 23,76% mais caro em São Paulo, diz Procon

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O preço do self-service por quilo subiu 23,76% entre janeiro de 2020 e junho deste ano, conforme o novo levantamento do Procon-SP com o Dieese em 350 restaurantes da capital paulista.

O custo médio da refeição self-service na balança saltou de R$ 57,12 para R$ 70,69.

Segundo o Procon-SP, os sucessivos aumentos dos preços estão provavelmente relacionados à alta da demanda, gerada pelo controle da pandemia e a retirada das restrições, principalmente, pela volta do trabalho presencial.

Os reflexos das elevações do gás, dos produtos de alimentação, energia elétrica também interferem diretamente no preço final ao consumidor.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos