Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.923,93
    +998,33 (+0,90%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.234,37
    -223,18 (-0,43%)
     
  • PETROLEO CRU

    80,34
    -0,88 (-1,08%)
     
  • OURO

    1.797,30
    -3,80 (-0,21%)
     
  • BTC-USD

    16.984,26
    -52,87 (-0,31%)
     
  • CMC Crypto 200

    404,33
    +2,91 (+0,72%)
     
  • S&P500

    4.071,70
    -4,87 (-0,12%)
     
  • DOW JONES

    34.429,88
    +34,87 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.556,23
    -2,26 (-0,03%)
     
  • HANG SENG

    18.675,35
    -61,09 (-0,33%)
     
  • NIKKEI

    27.777,90
    -448,18 (-1,59%)
     
  • NASDAQ

    11.979,00
    -83,75 (-0,69%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4940
    +0,0286 (+0,52%)
     

Seletor seguro de fotos do Android 13 chegará a versões antigas do sistema

O Google finalmente lançou seu novo seletor de mídia para o Android 13 que oferece mais segurança para o usuário. Em vez de dar permissão aos aplicativos para acessar todos os seus arquivos, o seletor exibe apenas a pasta com fotos e álbuns autorizados.

Você pode escolher quais imagens o programa terá acesso, o que evitará a exposição de imagens íntimas ou de documentos, por exemplo. Concluída a configuração das mídias acessíveis, o app vai operar dentro de uma "sandbox de conteúdos", a qual é impossível de burlar.

A novidade foi adicionada como parte do Google Play Services, o que significa que usuários em versões a partir do Android 4.4 KitKat já devem contar com esse modo privativo. Faz parte do conjunto de atualizações de segurança do Google para novembro de 2022, englobado ao Play Services, portanto não será necessário atualizar todo o sistema para usar a mudança.

Inicialmente, pensava-se que o seletor só seria aplicado a softwares lançados a partir de 2017, restrito ao Android 9 ou superior. Mas os desenvolvedores do Google trabalhavam com afinco para expandir essa mudança, que pode manter os celulares mais protegidos dos bisbilhoteiros.

Qualquer telefone que execute o Play Services já deve ser contemplado com a troca. A má notícia para os desenvolvedores é que os programas precisão integrar a nova API do seletor de fotos nas suas soluções — quem não o fizer poderá ter o acesso bloqueado às imagens dos usuários.

Google Voice já tem o novo seletor

Um dos primeiros softwares a tirar proveito do novo seletor de mídias é o Google Voice, um serviço de ligações via internet pouco usado na atualidade. Segundo o site 9to5Google, a solução integrada antiga foi substituída pelo layout renovado. Uma interface de câmera nativa do celular também ficou no lugar da existente no app, o que deve fornecer resultados melhores.

O seletor de fotos do Android deve ser gradualmente entregue aos usuários como uma atualização do lado do servidor, logo pode levar algum tempo até que todos sejam contemplados. A tendência daqui para frente é que mais apps passem a usá-lo em vez do modelo defasado que exibia PDFs, APKs e arquivos do sistema.

Este era um recurso visualizado na primeira prévia do Android 13, mas que acabou sendo adiado. Ao que parece, o Google preferiu focar nas mudanças mais visuais para o lançamento do sistema, deixando as mudanças sob o capô para um segundo momento.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: