Mercado abrirá em 32 mins
  • BOVESPA

    114.064,36
    +1.782,08 (+1,59%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.464,27
    +125,93 (+0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,28
    -0,02 (-0,03%)
     
  • OURO

    1.749,90
    +0,10 (+0,01%)
     
  • BTC-USD

    41.543,72
    -2.050,88 (-4,70%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.031,16
    -77,76 (-7,01%)
     
  • S&P500

    4.448,98
    +53,34 (+1,21%)
     
  • DOW JONES

    34.764,82
    +506,50 (+1,48%)
     
  • FTSE

    7.046,93
    -31,42 (-0,44%)
     
  • HANG SENG

    24.192,16
    -318,82 (-1,30%)
     
  • NIKKEI

    30.248,81
    +609,41 (+2,06%)
     
  • NASDAQ

    15.206,25
    -97,25 (-0,64%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2444
    +0,0194 (+0,31%)
     

Seleção olímpica inicia sua preparação para duelo com México pelas semifinais da Olimpíada

·1 minuto de leitura


A Seleção olímpica começou neste domingo (1) a voltar suas atenções para o confronto com o México. A partida pelas semifinais dos Jogos Olímpicos acontece nesta terça-feira (3), às 5h, em Kashima.

Para a atividade realizada em Tóquio, o técnico André Jardine contou basicamente com jogadores que iniciaram como reservas e quem não foi relacionado para a vitória por 1 a 0 sobre o Egito, no dia anterior, pelas quartas de finais do torneio. O único titular em campo foi o goleiro Santos.

> Veja detalhes do que está rolando nos Jogos Olímpicos

O restante do grupo formado pelos titulares no jogo que classificou a Seleção para as semifinais realizou trabalho regenerativo. Ainda em Tóquio, o técnico André Jardine fará nesta segunda-feira (2) seu único treino com todo o elenco para o duelo com o México.

O atacante Matheus Cunha, que sofreu uma contratura muscular e saiu no decorrer da partida, continua em observação e é dúvida para o confronto. O Brasil tende a ir a campo com: Santos, Daniel Alves, Nino, Diego Carlos e Guilherme Arana; Douglas Luiz, Bruno Guimarães e Claudinho; Antony, Matheus Cunha (Paulinho) e Richarlison.

Caso a Seleção olímpica supere o México, sua ida para a final garantirá uma medalha para o Brasil, que disputará a final com o vencedor de Espanha e Japão. Em caso de frustração em campo, a equipe lutará pelo bronze.

VEJA O QUADRO DE MEDALHAS

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos