Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.439,37
    -2.354,63 (-2,07%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.307,71
    -884,59 (-1,69%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,96
    -0,65 (-0,90%)
     
  • OURO

    1.753,90
    -2,80 (-0,16%)
     
  • BTC-USD

    47.623,63
    -530,25 (-1,10%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.193,48
    -32,05 (-2,61%)
     
  • S&P500

    4.432,99
    -40,76 (-0,91%)
     
  • DOW JONES

    34.584,88
    -166,42 (-0,48%)
     
  • FTSE

    6.963,64
    -63,84 (-0,91%)
     
  • HANG SENG

    24.920,76
    +252,96 (+1,03%)
     
  • NIKKEI

    30.500,05
    +176,75 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.282,75
    -226,75 (-1,48%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1975
    +0,0127 (+0,21%)
     

Seleção brasileira elimina Japão e pega russos na semifinal do vôlei masculino

·1 minuto de leitura
Seleção masculina comemora ponto marcado contra o Japão (Foto: Toru Hanai/Getty Images)
Seleção masculina comemora ponto marcado contra o Japão (Foto: Toru Hanai/Getty Images)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A seleção brasileira masculina de vôlei derrotou o Japão nesta terça-feira (3), por 3 sets a 0, parciais de 25/20, 25/22 e 25/20, e, assim, está classificada para a semifinal das Olimpíadas de Tóquio-2020

Por uma vaga na decisão do ouro, o Brasil, atual campeão olímpico, enfrentará o COR (Comitê Olímpico Russo), na quinta-feira (5). 

Leia também:

Em seu compromisso pelas quartas de final, o time russo ganhou do Canadá também por 3 sets 0, parciais de 25/21, 30/28 e 25/22. 

Brasil e Rússia se enfrentaram duas vezes neste ano. Tanto pela Liga das Nações quanto na fase de grupos dos Jogos de Tóquio, os europeus venceram por 3 sets a 0 em ambas ocasiões. 

Contra uma defesa sólida dos japoneses, o ponta Leal fez a sua melhor apresentação até aqui. Ele e o oposto Wallace marcaram cinco pontos cada no primeiro set. O central Lucão, outro destaque, interceptou Yamauchi e, na sequência, o central Ishikawa mandou a bola para fora: 25 a 20. 

No segundo set, a seleção empatou a partida com Leal, 17 a 17, e depois passou à frente com Wallace pela primeira vez na parcial. Os brasileiros dispararam: 25 a 22. No último set, Lucarelli, Wallace e Leal enfileiraram pontos, o Japão sentiu o golpe e não conseguiu incomodar os brasileiros.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos