Mercado fechará em 3 h 32 min
  • BOVESPA

    113.742,55
    -1.319,99 (-1,15%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.192,33
    +377,16 (+0,73%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,42
    -0,19 (-0,26%)
     
  • OURO

    1.754,90
    -39,90 (-2,22%)
     
  • BTC-USD

    48.039,26
    -262,96 (-0,54%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.234,97
    +1,69 (+0,14%)
     
  • S&P500

    4.459,42
    -21,28 (-0,47%)
     
  • DOW JONES

    34.681,28
    -133,11 (-0,38%)
     
  • FTSE

    7.027,48
    +10,99 (+0,16%)
     
  • HANG SENG

    24.667,85
    -365,36 (-1,46%)
     
  • NIKKEI

    30.323,34
    -188,37 (-0,62%)
     
  • NASDAQ

    15.432,75
    -71,25 (-0,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1857
    -0,0103 (-0,17%)
     

Seleção ativa de ações volta a encarar dificuldades, diz Goldman

·3 minuto de leitura

(Bloomberg) -- Depois de uma lendária recuperação, gestores de recursos de perfil ativo correm o risco de fracassar ao final de um grande ano porque a variante delta ameaça a aposta na reabertura da economia.

Operações defensivas — como as ações das grandes empresas de tecnologia — voltaram à liderança e está mais difícil encontrar empresas subvalorizadas. Neste contexto, profissionais que selecionam ações a dedo enfrentam dificuldades após os grandes ganhos conquistados durante a recuperação do mercado no início de 2021.

Após registrarem o melhor primeiro semestre desde 2003, fundos de renda variável que apostam na alta e na queda das ações (long-short) subiram apenas 0,8% desde o final de junho, segundo um índice da Hedge Fund Research. Um terço dos fundos mútuos concentrados em papéis de companhias de grande valor de mercado estão superando seus benchmarks neste trimestre, comparado à parcela de 57% vista nos primeiros três meses de 2021, segundo dados do Goldman Sachs Group.

Outras métricas delineiam uma piora para investidores que tentam ganhar dinheiro rapidamente, mesmo em um momento em que atraem bilhões de dólares, se recuperando após uma década dolorosa.

Com as dificuldades recentes, o retorno em seis meses de uma cesta de ações preferidas pelos fundos de hedge, elaborada pelo Goldman Sachs, está 13 pontos percentuais abaixo do oferecido pelo S&P 500 — a maior desvantagem desde 2008, segundo relatório divulgado na semana passada —, abalando o sucesso visto no início do ano.

“O ambiente para a seleção de ações realmente tinha melhorado no começo deste ano”, escreveu Ben Snider, estrategista sênior do Goldman, em e-mail. “No entanto, desde o final do primeiro trimestre, a dispersão diminuiu e agora está em linha com os níveis muito baixos que caracterizaram o ambiente difícil de escolha de ações anterior à pandemia.”

Com a ampliação da diferença entre ações ganhadoras e perdedoras em 2020, os gestores de perfil ativo exploraram os deslocamentos do mercado para aproveitar a ampla recuperação das bolsas. Mas com ações de gigantesco valor de mercado — como Microsoft e Apple — puxando a alta das bolsas desde junho, superar índices de referência voltou a ser uma luta, lembrando os anos pré-pandêmicos.

Tudo isso ocorre apesar do sucesso recente das apostas pessimistas após um primeiro trimestre brutal, quando hordas de day traders se reuniam na rede social Reddit para arquitetar operações conjuntas contra vendas a descoberto de papéis como o da GameStop.

À medida que investidores de varejo ficam menos atuantes, uma cesta com as ações com mais posições a descoberto está em desvantagem em relação ao mercado mais amplo neste trimestre. Isso quer dizer que as apostas de baixa dos fundos de hedge estão finalmente dando dinheiro.

Mas o aumento dos casos de Covid-19 e temores renovados em relação ao crescimento econômico colocam em xeque as apostas de valorização por todos os investidores.

Já o S&P 500 acumula ganho de 19% no ano.

More stories like this are available on bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos