Mercado fechado
  • BOVESPA

    102.224,26
    -3.586,99 (-3,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.492,52
    -1.132,48 (-2,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,15
    -10,24 (-13,06%)
     
  • OURO

    1.788,10
    +1,20 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    54.335,82
    -114,35 (-0,21%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.365,60
    -89,82 (-6,17%)
     
  • S&P500

    4.594,62
    -106,84 (-2,27%)
     
  • DOW JONES

    34.899,34
    -905,04 (-2,53%)
     
  • FTSE

    7.044,03
    -266,34 (-3,64%)
     
  • HANG SENG

    24.080,52
    -659,64 (-2,67%)
     
  • NIKKEI

    28.751,62
    -747,66 (-2,53%)
     
  • NASDAQ

    16.051,00
    -315,00 (-1,92%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3485
    +0,1103 (+1,77%)
     

Seis corpos são achados após barco turístico naufragar no Pantanal; 1 segue desaparecido

·1 min de leitura
Divulgação/Corpo de Bombeiros

Um barco turístico com 21 passageiros naufragou nesta sexta (15) no rio Paraguai, próximo a Corumbá (MS), após um vendaval atingir diversas cidades do Pantanal. Até o momento, 14 pessoas foram resgatadas, seis corpos foram encontrados e um segue desaparecido. 

Um dos sobreviventes disse ao Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul que sete vítimas no total ficaram submersas. Duas delas foram achadas ainda na sexta e quatro na manhã deste sábado (16). Nenhuma teve seu nome divulgado. 

Os outros ocupantes resgatados com vida eram turistas de Rio Verde, no interior de Goiás, e de São José do Rio Preto, no interior de São Paulo. 

Ventanias e nuvens de poeira atingiram diversas cidades de MS naquela tarde, provocando estragos. Além de Corumbá, houve registro de vendaval em Campo Grande, Dourados, Ponta Porã, Sidrolândia, Aquidauana e Nova Alvorada do Sul. 

Um vídeo gravado por pessoas que passavam de barco pelo local mostra uma grande nuvem de poeira sobre o rio. Outro mostra parte dos passageiros sobre a embarcação que naufragou revirado na água, aguardando resgate. 

Os Bombeiros foram chamados por volta das 14h e iniciaram as buscas com 16 militares, entre eles quatro mergulhadores, e o apoio de equipes da Marinha. Foram usadas uma viatura de salvamento, duas embarcações, uma unidade de resgate e equipamentos para mergulho. As buscas continuam.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos