Mercado fechado
  • BOVESPA

    106.927,79
    +1.398,29 (+1,33%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    53.744,92
    -185,48 (-0,34%)
     
  • PETROLEO CRU

    84,27
    +2,15 (+2,62%)
     
  • OURO

    1.817,30
    -4,10 (-0,23%)
     
  • BTC-USD

    43.093,21
    -219,07 (-0,51%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.037,76
    +12,03 (+1,17%)
     
  • S&P500

    4.662,85
    +3,82 (+0,08%)
     
  • DOW JONES

    35.911,81
    -201,79 (-0,56%)
     
  • FTSE

    7.542,95
    -20,90 (-0,28%)
     
  • HANG SENG

    24.383,32
    -46,45 (-0,19%)
     
  • NIKKEI

    28.124,28
    -364,82 (-1,28%)
     
  • NASDAQ

    15.616,75
    +126,50 (+0,82%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3174
    -0,0154 (-0,24%)
     

Segurança de cripto é maior preocupação entre investidores

·1 min de leitura

(Bloomberg) -- A preocupação com a segurança, mais do que a volatilidade e as regulamentações, é o que impede os investidores institucionais de investir em cripto e ativos digitais, segundo pesquisa realizada pelo maior gestor de fundos de ativos digitais regulamentados da Europa.

Most Read from Bloomberg

A pesquisa com investidores institucionais e gestores de patrimônio, que administram coletivamente cerca de US$ 108,4 bilhões, mostrou que 79% veem a custódia de ativos como a principal fator considerado para investir nesses produtos. Os custodiantes fornecem soluções para investidores que desejam armazenar e proteger com segurança seus ativos criptográficos. O relatório foi encomendado pela Nickel Digital Asset Management e contemplou entrevistas com 50 gestores de patrimônio e 50 investidores institucionais nos Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha, França e Emirados Árabes.

“Em seguida, 67% disseram volatilidade de preços, 56% citaram valor de mercado e 49% mencionaram o ambiente regulatório”, disse o relatório. “Outros 12% incluíram a pegada de carbono do Bitcoin e outras criptomoedas em seus três principais motivos para não investir.”

Os participantes da pesquisa também estão otimistas sobre a perspectiva de a Comissão de Valores Mobiliários (SEC) dos Estados Unidos ganhar mais autoridade para regulamentar esses ativos. Gary Gensler, presidente da SEC, pediu ao Congresso para fornecer à agência mais autoridade para policiar a negociação, o empréstimo e as plataformas de criptomoedas. Entre os entrevistados, 76% esperam que isso seja concedido no próximo ano.

“Se a SEC receber esses poderes extras, 73% dos investidores institucionais e gestores de patrimônio acreditam que isso terá um impacto positivo no preço dos ativos criptográficos e digitais e 32% acreditam que terá um efeito muito positivo”, disse o relatório.

Most Read from Bloomberg Businessweek

©2022 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos