Mercado fechado
  • BOVESPA

    106.363,10
    -56,43 (-0,05%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.714,60
    -491,99 (-0,94%)
     
  • PETROLEO CRU

    81,67
    -0,99 (-1,20%)
     
  • OURO

    1.796,40
    -2,40 (-0,13%)
     
  • BTC-USD

    58.320,69
    -2.392,04 (-3,94%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.393,55
    -80,78 (-5,48%)
     
  • S&P500

    4.551,68
    -23,11 (-0,51%)
     
  • DOW JONES

    35.490,69
    -266,19 (-0,74%)
     
  • FTSE

    7.253,27
    -24,35 (-0,33%)
     
  • HANG SENG

    25.628,74
    -409,53 (-1,57%)
     
  • NIKKEI

    28.775,83
    -322,41 (-1,11%)
     
  • NASDAQ

    15.612,50
    +25,25 (+0,16%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4185
    -0,0062 (-0,10%)
     

Segurado espera revisão de auxílio e aposentadoria desde 2020

·1 minuto de leitura
Foto: Getty Images.
Foto: Getty Images.
  • Álvaro César Chaves Bispo, de 62 anos, espera revisão de dois benefícios desde 2020;

  • O segurado apresentou recurso em fevereiro deste ano, após a solicitação ser indeferida;

  • De acordo com o INSS, o benefício por incapacidade temporária foi concedida a Bispo.

Problemas com o INSS (Instituto Nacional de Seguro Social) por causa de auxílio-doença e concessão da aposentadoria vêm sendo recorrentes há anos. Álvaro César Chaves Bispo, de 62, é mais uma dessas vítimas, e reclama do descaso por parte do órgão público.

O segurado, que trabalha consertando equipamentos de informática, espera a revisão dos dois benefícios desde 2020, quando entrou com o pedido de aposentadoria por tempo de contribuição.

Leia também:

Bispo apresentou recurso em fevereiro deste ano, depois de ter a solicitação indeferida. Contudo, até agora não saiu o resultado.

Também em fevereiro, o segurado precisou se afastar do trabalho por causa da piora da lombalgia e da cervicalgia associadas. Contudo, o pedido de auxílio-doença também foi indeferido, mesmo após recurso.

Por meio de um advogado, em abril, mais um pedido foi feito, quando o benefício foi concedido. Após a revisão dos valores, feita em maio, a solicitação encontra-se em análise.

Mediante a nota da assessoria de imprensa, o INSS diz que o benefício por incapacidade temporário, ou auxílio-doença, de Bispo foi concedido, assim como os créditos foram pagos. Contudo, o órgão não respondeu quanto à aposentadoria.

As informações são do Agora São Paulo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos