Mercado fechado

Segundo turno em Vitória: Ex-prefeito diz que atendeu a “chamado das ruas” ao se candidatar novamente

Redação Notícias
·2 minuto de leitura
Reprodução/TV Gazeta
Reprodução/TV Gazeta

Prefeito de Vitória em dois mandatos, entre 2005 e 2012, João Coser disse que decidiu disputar a eleição em 2020 para atender a um “chamado das ruas”. O candidato do PT concorre ao cargo no segundo turno com Delegado Pazolini, do Republicanos.

“Quero voltar a ser prefeito de Vitória porque eu ouvi o chamado da população capixaba. Tocamos muitas vidas, e agora vejo a necessidade de fazer mais, de fazer Vitória voltar a ser mais feliz”, escreveu em sua página no Twitter nesta quarta-feira.

Coser exaltou seu período à frente da cidade e fez críticas à administração de seu sucessor, Luciano Rezende, que terá o segundo mandato encerrado justamente no fim deste ano.

“Crescemos muito como pessoas, e a cidade se desenvolveu junto conosco. Muito do que conquistamos, infelizmente, foi perdido, e o meu desejo para voltar para a prefeitura atende a esse chamado das ruas”, considerou.

Eleições em Vitória

Com pouco mais de 250 mil eleitores, Vitória vai decidir seu prefeito em eleição no segundo turno entre Delegado Pazolini (Republicanos) e João Coser (PT).

Pazolini, que obteve 30.95% dos votos válidos, é atualmente é deputado estadual, tendo sido eleito para o cargo em 2018. Antes, ficou famoso por sua atuação como chefe da Delegacia Proteção à Crianças e Adolescentes (DPCA).

Coser é velho conhecido da política de Vitória. No segundo turno após atingir 21.82%, foi membro fundador do PT na década de 1980. Desde 1987, já foi eleito por duas vezes deputado estadual e por duas vezes deputado federal. Já foi prefeito de Vitória duas vezes.

Eleições municipais em todo país

As Eleições 2020 moveram praticamente todo país neste domingo. Por conta do coronavírus, essa foi uma eleição diferente, com horários estendidos e mais critérios de segurança sanitária.

Uma questão que levanta muitas dúvidas ao longo processo é o famoso coeficiente eleitoral. Bem resumidamente, é a divisão do número de eleitores pelo número de vagas (nós explicamos com detalhes AQUI). Cada cidade, então, tem seu coeficiente eleitoral.

Caso não esteja presente na cidade onde você está apto para votar, é possível justificar seu voto. Para saber como, siga nosso guia clicando AQUI.

O que faz um prefeito?

O Estado se divide em três poderes o Executivo, Legislativo e Judiciário, e o prefeito é o chefe do Poder Executivo. Ou seja, é responsabilidade do prefeito administrar a cidade que exerce suas funções. Para mais detalhes da função CLIQUE AQUI e para saber quanto ganha um prefeito, CLIQUE AQUI.