Mercado abrirá em 9 h 25 min
  • BOVESPA

    108.714,55
    +2.418,37 (+2,28%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.833,80
    -55,86 (-0,11%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,66
    -0,10 (-0,12%)
     
  • OURO

    1.806,60
    -0,20 (-0,01%)
     
  • BTC-USD

    62.795,98
    +1.104,40 (+1,79%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.509,44
    +1.266,76 (+521,99%)
     
  • S&P500

    4.566,48
    +21,58 (+0,47%)
     
  • DOW JONES

    35.741,15
    +64,13 (+0,18%)
     
  • FTSE

    7.222,82
    +18,27 (+0,25%)
     
  • HANG SENG

    26.097,63
    -34,40 (-0,13%)
     
  • NIKKEI

    29.089,89
    +489,48 (+1,71%)
     
  • NASDAQ

    15.569,25
    +73,50 (+0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4300
    -0,0063 (-0,10%)
     

Segunda maior pool de Ethereum encerra atividades devido a restrições na China

·2 minuto de leitura

A SparkPool, segunda maior pool de mineração de Ethereum, anunciou que encerrará suas atividades no dia 30 deste mês. Hoje a pool é responsável por 16,6% do hashrate da rede, atrás apenas da Ethermine, que conta com 24,4%.

Seu encerramento acontece em simultâneo com o banimento de usuários chinesas pela F2Pool, maior pool de mineração de BTC e também pela proibição de vendas de equipamentos de mineração no Alibaba.

Além da proibição das criptomoedas, outro ponto ligado a mineração na China é a sua atual crise de energia que está desacelerando a sua indústria em geral por conta de blecautes.

SparkPool encerra suas atividades

Em comunicado na página inicial de seu site oficial, a SparkPool anunciou que estará encerrando as atividades no dia 30 de setembro de 2021 às 12:00 UTC.

Aviso de encerramento de atividades da SparkPool. Fonte: SparkPool.com
Aviso de encerramento de atividades da SparkPool. Fonte: SparkPool.com

Os usuários que tenham fundos poderão requisitar saques com valor superior a 0,000105 ETH para transações on-chain. Bem como poderão usar a alternativa HECO para saques de um saldo mínimo de 0,00001 ETH.

Os saques estão disponíveis até dia 15 de outubro.

Este é mais um efeito da proibição do Bitcoin, altcoins e stablecoins na China. Embora o país já tenha banido as criptomoedas várias vezes, desta vez o banimento parece ser mais sério.

Crise energética na China

A China vem sofrendo com uma escassez de carvão, principal meio de produção de energia do país, preocupando autoridades por conta de blecautes, que já estão acontecendo, e podem deixar vários setores da indústria sem energia e até mesmo sem água.

Como a mineração de criptomoedas consome muita energia, este está sendo o setor mais perseguido pelo governo. Segundo nota de órgãos da China, a atividade de mineração está ameaçando a segurança nacional.

Além da crise no setor imobiliário, esta nova crise pode fazer com que o país entre em recesso, precisando desacelerar vários campos do país. O tamanho da crise é tão grande que algumas empresas já estão trabalhando menos dias por semana.

Fonte: Livecoins

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos