Mercado abrirá em 7 h 30 min

Seguidores de contas do governo dos Estados Unidos no Twitter não serão transferidos para Biden

·1 minuto de leitura
O Twitter revelou que não transferirá automaticamente os milhões de seguidores das contas oficiais da administração Donald Trump para o novo governo de Joe Biden, mas dará aos usuários da rede social a opção de continuar ou não a segui-las

O Twitter revelou nesta terça-feira que não transferirá automaticamente os milhões de seguidores das contas oficiais da administração Donald Trump para o novo governo de Joe Biden, mas dará aos usuários da rede social a opção de continuar ou não a segui-las.

A mudança afeta seguidores de contas administradas pelo governo, como @WhiteHouse (Casa Branca) e @POTUS (Presidente dos EUA), que serão transferidas para Biden quando ele assumir o cargo em janeiro.

A decisão do Twitter não afetará a conta pessoal @realDonaldTrump, que tem sido usada consistentemente pelo presidente Trump e tem cerca de 88 milhões de seguidores.

As contas oficiais do governo "não reterão automaticamente seus seguidores atuais. Em vez disso, o Twitter notificará os seguidores dessas contas para colocá-los no contexto de que o conteúdo será arquivado e permitir a eles a opção de seguir novas contas da administração Biden", explicou em comunicado a rede social. Biden assumirá o comando da Casa Branca em janeiro.

"Por exemplo, as pessoas que seguem a @WhiteHouse serão notificadas de que a conta foi registrada como @WhiteHouse45 e terão a opção de seguir a nova conta da @WhiteHouse", continuou.

O Twitter tem trabalhado na transição para esta plataforma amplamente usada por Trump desde que os resultados das eleições foram oficializados.

Embora não seja tão seguida quanto a conta pessoal de Trump, @POTUS tem cerca de 33 milhões de seguidores, enquanto @WhiteHouse tem 26 milhões.

No mês passado, o Twitter indicou que qualquer tratamento especial que Trump tenha recebido será finalizado assim que acabar o mandato.

A transferência afetará outras contas institucionais como @VP, @FLOTUS, @PressSec, @Cabinet e @LaCasaBlanca, de acordo com o Twitter.

bur-rl/acb/llu/am