Mercado abrirá em 2 h 2 min
  • BOVESPA

    129.441,03
    -634,97 (-0,49%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.286,46
    +400,16 (+0,79%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,40
    +0,49 (+0,69%)
     
  • OURO

    1.856,20
    -23,40 (-1,24%)
     
  • BTC-USD

    39.377,62
    +3.363,76 (+9,34%)
     
  • CMC Crypto 200

    979,88
    +38,07 (+4,04%)
     
  • S&P500

    4.247,44
    +8,26 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.479,60
    +13,40 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.165,50
    +31,44 (+0,44%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,23 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    29.161,80
    +213,07 (+0,74%)
     
  • NASDAQ

    14.039,00
    +44,75 (+0,32%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1990
    +0,0064 (+0,10%)
     

Secretaria de Cultura de SP anuncia R$ 200 milhões para apoio ao setor em 2021

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo anunciou nesta terça (11) programas de fomento ao setor cultural para este ano que somam R$ 200 milhões, o maior investimento na área já feito no estado.

Dividido entre quatro programas diferentes, o valor poderá apoiar, segundo o secretário Sérgio Sá Leitão, 9.340 projetos presencial e online.

Além do ProAC Direto, que pode apoiar espaços culturais, e do ProAC Editais, que somam R$ 162 mi, são R$ 20 mi do programa Juntos pela Cultura, e mais R$ 18 mi de recursos da Lei Aldir Blanc, do governo federal, não utilizados por municípios e revertidos ao estado para o ProAC Lab, que vai premiar não contemplados nesta linha em 2020 em áreas como teatro, música e artes visuais.

A secretaria estima que cerca de 138 mil empregos devam ser gerados, e o impacto econômico é estimado em R$ 300 milhões.

As inscrições para os dois editais do ProAC estarão abertas a partir do dia 18, no site da secretaria, e as inscrições já estão abertas para o programa Juntos pela Cultura, até o fim de maio.

Antes da pandemia, o setor cultural representava 3,9% do PIB estadual. Em 2020, R$ 454,2 milhões, de recursos do governo estadual e federal, apoiaram 9 mil projetos em São Paulo.