Mercado fechado
  • BOVESPA

    118.328,99
    -1.317,01 (-1,10%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.810,21
    -315,49 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    53,04
    -0,09 (-0,17%)
     
  • OURO

    1.869,50
    +3,60 (+0,19%)
     
  • BTC-USD

    30.450,00
    -231,67 (-0,76%)
     
  • CMC Crypto 200

    608,80
    -71,11 (-10,46%)
     
  • S&P500

    3.853,07
    +1,22 (+0,03%)
     
  • DOW JONES

    31.176,01
    -12,39 (-0,04%)
     
  • FTSE

    6.715,42
    -24,97 (-0,37%)
     
  • HANG SENG

    29.927,76
    -34,74 (-0,12%)
     
  • NIKKEI

    28.756,86
    0,00 (0,00%)
     
  • NASDAQ

    13.389,75
    -5,75 (-0,04%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5084
    0,0000 (0,00%)
     

Seara, da JBS, fecha venda de miúdos suínos à China

(Reuters) - A Seara Alimentos, empresa do grupo JBS, concluiu a sua primeira negociação para a venda de miúdos suínos para a China depois de o país asiático ter habilitado unidades brasileiras para exportação na véspera.

Segundo a JBS, a Seara fechou acordo para envio de 400 toneladas para à China.

"A produção partirá, em breve, diretamente de Santa Catarina, Estado de origem das duas unidades da companhia recém- habilitadas para exportação para o país asiático", disse a JBS em nota à Reuters.

A China, que lida com uma redução da oferta de carne devido ao impacto da peste suína africana, habilitou sete unidades de Santa Catarina, segundo informou o Ministério da Agricultura na véspera.

As exportações brasileiras de carne suína têm recebido especial impulso dos embarques à China, que ampliou as importações de brasileiros em 76% em agosto.

As outras unidades autorizadas a exportar miúdos incluem uma planta da BRF, duas da Cooperativa Central Aurora Alimentos e outras duas da Pamplona Alimentos.

(Por Roberto Samora)