Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.405,35
    +348,13 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.319,57
    +116,77 (+0,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,50
    +0,46 (+0,65%)
     
  • OURO

    1.763,90
    -10,90 (-0,61%)
     
  • BTC-USD

    35.280,30
    -525,35 (-1,47%)
     
  • CMC Crypto 200

    888,52
    -51,42 (-5,47%)
     
  • S&P500

    4.166,45
    -55,41 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    33.290,08
    -533,37 (-1,58%)
     
  • FTSE

    7.017,47
    -135,96 (-1,90%)
     
  • HANG SENG

    28.801,27
    +242,68 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    28.964,08
    -54,25 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.103,00
    -62,50 (-0,44%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0361
    +0,0736 (+1,23%)
     

Se pandemia continuar conosco teremos que renovar camadas de proteção, diz Guedes

·1 minuto de leitura
Ministro Paulo Guedes

(Reuters) - O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta terça-feira que a decisão de renovar o auxílio emergencial dependerá do comportamento da pandemia da Covid-19 no país.

"Se a pandemia continuar conosco, nós temos que ir renovado as camadas de proteção. Se a pandemia recua, nós podemos passar já para o Bolsa Família", afirmou em rápida entrevista à imprensa ao deixar evento em São Paulo.

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), defendeu mais cedo nesta terça que o Congresso estude a necessidade de prorrogação do auxílio concedido pelo governo federal por quatro meses neste ano aos mais vulneráveis e avalie, ainda, um programa que amplie ou substitua o Bolsa Família.

Guedes também se disse "relativamente otimista" com o andamento da reforma tributária, ressaltando que equipe econômica e lideranças do Congresso "praticamente" concordaram sobre os principais pontos.

Guedes, Pacheco e o presidente da Câmara, Artur Lira (PP-AL) se reuniram na segunda-feira para discutir o tema. Após o encontro, Pacheco disse que houve um consenso de que a reforma é fundamental, urgente e precisa simplificar o sistema de arrecadação sem, contudo, gerar aumento de carga tributária aos contribuintes.7

Lira disse que a PEC da reforma tributária deve começar a tramitar no Congresso pelo Senado e que três ou quatro projetos de lei infraconstitucionais da área tributária também serão votados pelo Congresso.

(Por Isabel Versiani)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos