Mercado fechado
  • BOVESPA

    120.348,80
    -3.131,73 (-2,54%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.892,28
    -178,63 (-0,39%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,04
    -1,53 (-2,86%)
     
  • OURO

    1.827,70
    -23,70 (-1,28%)
     
  • BTC-USD

    37.621,82
    +1.515,97 (+4,20%)
     
  • CMC Crypto 200

    701,93
    -33,21 (-4,52%)
     
  • S&P500

    3.768,25
    -27,29 (-0,72%)
     
  • DOW JONES

    30.814,26
    -177,26 (-0,57%)
     
  • FTSE

    6.735,71
    -66,25 (-0,97%)
     
  • HANG SENG

    28.573,86
    +77,00 (+0,27%)
     
  • NIKKEI

    28.519,18
    -179,08 (-0,62%)
     
  • NASDAQ

    12.759,00
    -142,00 (-1,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3926
    +0,0791 (+1,25%)
     

'Se Deus quiser', resultado da eleição sai hoje, diz Barroso

·1 minuto de leitura
*ARQUIVO* BRASILIA, DF,  BRASIL,  16-11-2020 - O presidente do TSE Ministro Luis Roberto Barroso. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
*ARQUIVO* BRASILIA, DF, BRASIL, 16-11-2020 - O presidente do TSE Ministro Luis Roberto Barroso. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), ministro Luís Roberto Barroso, afirmou neste domingo (29) que as eleições transcorrem de forma relativamente tranquila em todo o país e que o resultado será divulgado ainda "hoje se Deus quiser".

De acordo com Barroso, o diretor-geral da Polícia Federal, delegado Rolando Souza, e sua equipe estiveram na Corte no início da tarde fez um relato sobre o andamento do pleito. "Ele veio aqui para fazer uma exposição e está tudo relativamente tranquilo.", afirmou o ministro.

Sobre os problemas no atraso da divulgação dos resultados no primeiro turno, realizado no dia 15, Barroso afirmou que se buscou tudo que foi possível para evitar que a situação se repita.

"Tudo foi realizado, tudo que era possível fazer", disse. "Nós vamos divulgar [os resultados] hoje se Deus quiser".

Barroso disse que o diretor-geral da PF comentou também a Operação Expoit, deflagrada neste sábado (28) para prender em Portugal e no Brasil os integrantes do grupo responsável pelo ataque hacker contra o TSE e que vazou dados de ex-ministros e servidores da Corte.

"A investigação foi feita por requisição minha. A Polícia Federal foi extremamente eficiente, em colaboração com a polícia portuguesa", disse o presidente do TSE.