Mercado fechará em 1 h 9 min
  • BOVESPA

    129.839,47
    +398,44 (+0,31%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.193,57
    -92,89 (-0,18%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,96
    +0,05 (+0,07%)
     
  • OURO

    1.867,10
    -12,50 (-0,67%)
     
  • BTC-USD

    39.776,30
    +2.360,90 (+6,31%)
     
  • CMC Crypto 200

    992,05
    +23,20 (+2,40%)
     
  • S&P500

    4.238,03
    -9,41 (-0,22%)
     
  • DOW JONES

    34.255,58
    -224,02 (-0,65%)
     
  • FTSE

    7.146,68
    +12,62 (+0,18%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,23 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    29.161,80
    +213,07 (+0,74%)
     
  • NASDAQ

    14.068,75
    +74,50 (+0,53%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1460
    -0,0466 (-0,75%)
     

Se Bolsonaro fizer passeio de moto em SP, não vai ter apoio de motoboy paulista, diz sindicato

·1 minuto de leitura
***ARQUIVO***BRASÍLIA, DF, 09.05.2021 - Presidente Jair Bolsonaro (sem partido) participa de passeio de moto em comemoração ao Dia das Mães pelas ruas de Brasília. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
***ARQUIVO***BRASÍLIA, DF, 09.05.2021 - Presidente Jair Bolsonaro (sem partido) participa de passeio de moto em comemoração ao Dia das Mães pelas ruas de Brasília. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Se Bolsonaro repetir em São Paulo o passeio de moto que fez neste domingo (23) no Rio, não vai ter adesão dos motoboys entregadores de aplicativos, segundo Gil Diniz, presidente do Sindimoto-SP, sindicato que representa os profissionais.

Ele diz que os entregadores estão insatisfeitos com a política de combustíveis do governo e com o preço da gasolina, que impactam o trabalho da categoria. “Eu vejo que o presidente está preocupado em montar a cavalo, em moto, em plena corrida eleitoral antecipada. Ele precisa procurar aparecer fazendo algo útil. A gasolina está acertando a gente em cheio”, afirma.

Para Diniz, as manifestações no contexto da pandemia também preocupam. “Estamos dando uma segurada”, diz. Ele ressalva que o sindicato não apoiará um eventual passeio de Bolsonaro na capital paulista, mas os entregadores podem participar individualmente se desejarem.