Mercado fechará em 3 h 13 min

Scooby comenta vídeo polêmico com Dom: "Ensino a superar os medos"

Pedro Scooby comenta vídeo com o filho Dom. Fotos: reprodução/Instagram/pedroscooby

Diante da polêmica com o vídeo gravado com o filho mais velho, Pedro Scooby comentou o episódio em suas redes sociais. O surfista defende sua postura com Dom - que demonstra receio de dar saltos mortais em uma cama elástica - e afirma que queria incentivar o menino de 8 anos a perder o medo.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no InstagramFacebook e Twitter, e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário

“Vou deixar uma coisa clara para vocês, tudo isso que gira em torno da vida do Dom, o sonho de ser skatista, todos os feitos que ele tem feito tão novinho, com 8 anos já mandando altas manobras, isso é uma escolha dele”, afirmou Scooby no Instagram na noite do último sábado (20).

Leia também:

O surfista, que também é pai de Bem e Liz, de 4 anos, ressalta que apoia e dá suporte ao filho. “Na vida do Dom, eu estou como pai, estou ali para apoiar, dar todo suporte. E, por eu ter vivido uma vida de esporte radical, que é pegar onda gigante, eu tento mostrar pra ele a realidade que é. Ensino ele a superar os medos, a levar o tombo, levantar e seguir em frente. É muito bonito as pessoas olharem o que ele faz, mas se chocam com a realidade de que para você ter grandes feitos na vida, exige grandes sacrifícios. E exige muita superação”, analisou.

Scooby disse ainda que respeita a educação de cada um, mas que esse é o jeito dele educar os seus filhos. “E a grande resposta dele para mim é, acho que praticamente todos os dias, ele falar: ‘Papai, você é o melhor pai do mundo’. Poucas pessoas, mas poucas mesmo, estão dispostas a passar por grandes sacrifícios para alcançar grandes feitos”, concluiu.

Ao responder a uma seguidora que havia criticado a insistência do surfista no vídeo, a ex-mulher Luana Piovani comentou: “Essa é uma das grandes divergências que temos. E eu me nego a assistir. Preciso conseguir conviver em paz com ele. Se o que ele fez foi grave o MP [Ministério Público] virá nos procurar”.