Schäuble critica BCE por declarações sobre França

O ministro de Finanças da Alemanha, Wolfgang Schäuble, em entrevista ao jornal alemão Stuttgarter Zeitung, criticou o Banco Central Europeu (BCE) por recentes declarações sobre o déficit da França e a ajuda fiscal ao Chipre.

Perguntado sobre o alerta do BCE de que a França precisa cumprir suas metas de déficit, o ministro respondeu: "A França vai cumprir seus compromissos europeus". "Não sei por que sempre tem alguém que acha que precisa desafiar os outros a fazer alguma coisa. Eu não fico pedindo que o banco central cumpra suas tarefas legais", afirmou Schäuble.

Na sexta-feira o comissário europeu Olli Rehn disse que a França poderia receber um ano extra para reduzir seu déficit orçamentário para o nível exigido de 3,0% do Produto Interno Bruto (PIB) porque o crescimento econômico do país tem sido mais fraco do que o previsto.

Com relação aos pedidos do BCE para que os líderes da zona do euro tomem uma decisão rápida sobre a ajuda fiscal ao Chipre, Schäuble declarou que se recusa a ser colocado sob pressão de prazos. "O BCE toma suas decisões sob sua responsabilidade e nós tomamos nossas decisões sob nossa responsabilidade", disse.

Schäuble e o ministro de Finanças da França, Pierre Moscovici, afirmaram que depois da vitória do candidato conservador Nicos Anastasiades para a presidência do Chipre, ontem, eles esperam um acordo sobre a ajuda antes do fim de março. As informações são da Market News International.

Carregando...