Mercado fechará em 5 h 26 min
  • BOVESPA

    120.112,53
    +815,40 (+0,68%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.080,20
    +576,49 (+1,21%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,56
    +1,38 (+2,29%)
     
  • OURO

    1.733,20
    -14,40 (-0,82%)
     
  • BTC-USD

    63.419,46
    +808,86 (+1,29%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.357,90
    -17,87 (-1,30%)
     
  • S&P500

    4.150,35
    +8,76 (+0,21%)
     
  • DOW JONES

    33.881,78
    +204,51 (+0,61%)
     
  • FTSE

    6.924,68
    +34,19 (+0,50%)
     
  • HANG SENG

    28.900,83
    +403,58 (+1,42%)
     
  • NIKKEI

    29.620,99
    +82,29 (+0,28%)
     
  • NASDAQ

    13.934,25
    -41,50 (-0,30%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7873
    -0,0439 (-0,64%)
     

Scarlett Johansson diz que não se esquiva de polêmicas: "sou assim"

Rafael Monteiro
·1 minuto de leitura
Scarlett Johansson arrives at the Oscars on Sunday, Feb. 9, 2020, at the Dolby Theatre in Los Angeles. (AP Photo/John Locher)
Scarlett Johansson posa para os fotógrafos no tapete vermelho do Oscar, em 2020 (AP Photo/John Locher)

Após se envolver em seguidas polêmicas em Hollywood, Scarlett Johansson não pretende se esquivar de discussões daqui para a frente. Pelo contrário: em entrevista à revista "The Gentlewoman", a atriz afirmou que pretende seguir dando a sua opinião sobre temas relevantes, sem medo do julgamento alheio.

"Eu vou opinar sobre as coisas, porque eu sou assim. Todo mundo tem dificuldade em admitir quando está errado, e ter tudo isso exposto em público pode ser vergonhoso", disse a estrela.

Leia também:

Coleção de polêmicas

BEVERLY HILLS, CALIFORNIA - FEBRUARY 09: Scarlett Johansson attends the 2020 Vanity Fair Oscar Party at Wallis Annenberg Center for the Performing Arts on February 09, 2020 in Beverly Hills, California. (Photo by David Crotty/Patrick McMullan via Getty Images)
Scarlett Johansson no "after" da cerimônia do Oscar 2020 (Photo by David Crotty/Patrick McMullan via Getty Images)

Recapitulando: nos últimos anos, a atriz foi acusada por público e imprensa de apropriação cultural por interpretar uma personagem asiática em “Ghost in the Shell” (2017) e quase aceitou viver um homem trans no “Rub & Tug”. 

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Depois de ser criticada também por dizer que acredita na inocência de Woody Allen, acusado de estupro pela filha adotiva Dylan Farrow, Scarlett afirma que está aprendendo a hora certa de falar.

"Eu posso ser reativa. Eu posso ser impaciente. Isso não combina muito com autoconsciência", disse na entrevista. "Não acho que atores têm a obrigação de terem um papel público na sociedade".

"Você não escolheu ser político, você é um ator. Seu trabalho é refletir a nossa experiência para nós mesmos; seu trabalho é ser um espelho para o público, é conseguir ter uma experiência empática através da arte", finalizou.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.