Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.274,17
    +216,95 (+0,17%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.354,98
    +152,18 (+0,30%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,59
    +0,55 (+0,77%)
     
  • OURO

    1.762,20
    -12,60 (-0,71%)
     
  • BTC-USD

    35.750,38
    -2.073,57 (-5,48%)
     
  • CMC Crypto 200

    883,95
    -56,00 (-5,96%)
     
  • S&P500

    4.166,45
    -55,41 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    33.290,08
    -533,37 (-1,58%)
     
  • FTSE

    7.017,47
    -135,96 (-1,90%)
     
  • HANG SENG

    28.801,27
    +242,68 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    28.964,08
    -54,25 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.103,00
    -62,50 (-0,44%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0276
    +0,0651 (+1,09%)
     

SAP adota política flexível de trabalho após demanda de funcionários

·1 minuto de leitura

BERLIM (Reuters) - A produtora alemã de software corporativo SAP adotou política flexível de trabalho para seus 100 mil funcionários no mundo, depois que a experiência de trabalho remoto criada por medidas de isolamento social ganhou apoio maciço entre os trabalhadores da companhia.

O grupo afirmou que uma pesquisa interna descobriu que 94% dos funcionários querem tirar proveito da flexibilidade de trabalho e quase metade planeja trabalhar no escritório por um ou dois dias na semana no futuro.

"Isso dá aos funcionários 100% de flexibilidade", disse Julia White, diretora de marketing e soluções da SAP.

Com a política, os funcionários poderão trabalhar a partir de casa, no escritório ou remotamente e poderão também definir seus próprios horários de trabalho. A companhia vai reprojetar seus escritórios para abrir mais espaço para colaboração.

Outras empresas de tecnologia, incluindo Facebook, também adotaram de forma permanente o trabalho remoto.

(Por Douglas Busvine)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos