Mercado fechado
  • BOVESPA

    115.202,23
    +2.512,05 (+2,23%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.342,54
    +338,35 (+0,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,28
    +2,45 (+3,84%)
     
  • OURO

    1.698,20
    -2,50 (-0,15%)
     
  • BTC-USD

    47.831,23
    +151,96 (+0,32%)
     
  • CMC Crypto 200

    982,93
    +39,75 (+4,21%)
     
  • S&P500

    3.841,94
    +73,47 (+1,95%)
     
  • DOW JONES

    31.496,30
    +572,16 (+1,85%)
     
  • FTSE

    6.630,52
    -20,36 (-0,31%)
     
  • HANG SENG

    29.098,29
    -138,50 (-0,47%)
     
  • NIKKEI

    28.864,32
    -65,78 (-0,23%)
     
  • NASDAQ

    12.652,50
    +197,50 (+1,59%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7780
    -0,0079 (-0,12%)
     

São Paulo tem acordo verbal com Rui Costa, ex-Atlético-MG e Grêmio

Jorge Nicola
·1 minuto de leitura
Rui Costa já trabalhou por Atlético-MG, Grêmio, Athletico e Chapecoense (Bruno Cantini/Atlético-MG)
Rui Costa já trabalhou por Atlético-MG, Grêmio, Athletico e Chapecoense (Bruno Cantini/Atlético-MG)

O substituto de Raí já está decidido pelo São Paulo: Rui Costa, ex-diretor-executivo de Grêmio e São Paulo, tem um acordo verbal com o presidente Julio Casares para assumir assim que o atual Campeonato Brasileiro se encerrar. A informação foi divulgada por PVC e confirmada pelo Yahoo.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

Dias atrás, o autor deste Blog já havia revelado que Rui Costa estivera no Morumbi para um encontro com Casares e o novo diretor de futebol, Carlos Belmonte. A ideia, porém, era manter o acordo em sigilo até que a Série A se encerrasse, a fim de evitar que o foco estivesse no elenco.

Leia também:

A busca são-paulina havia começado ainda em dezembro. Rodrigo Caetano chegou a se acertar com Casares no mesmo momento em que o Tricolor bateu o martelo com Muricy Ramalho como coordenador de futebol e Marcos Biasotto como gerente das categorias de base. Mas a repercussão negativa junto ao torcedor fez o presidente recuar no acordo com Caetano.

O São Paulo ainda conversou com Thiago Scuro, André Zanotta, Ricardo Moreira e Diego Cerri. Nos últimos dias, também estudou os nomes de Paulo Pelaipe, Klauss Câmara e Alexandre Mattos, mas acabou optando por bater o martelo com Rui Costa.

O gaúcho, que iniciou sua vida no futebol como advogado, passou mais de dez anos no Grêmio, em diversas funções. Depois, esteve na Chapecoense, no Athletico e no Atlético-MG, onde saiu no ano passado, junto de Dudamel.

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos