Mercado abrirá em 7 h 9 min

75% dos eleitores na cidade de São Paulo são contra reabertura das escolas, diz Datafolha

Colaboradores Yahoo Notícias
·2 minutos de leitura
Empty Classroom
Empty Classroom

Três a cada quatro eleitores da capital paulista (75%) acreditam que as escolas deveriam seguir fechadas nos próximos dois meses, de acordo com pesquisa do Datafolha divulgada neste domingo (27). Outros 24% afirmam ser a favor da reabertura e 1% não opinou. A margem de erro é de 3 a 6 pontos percentuais, para mais ou para menos.

A pesquisa foi realizada nos dias 21 e 22 de setembro. Foram entrevistados 1.092 eleitores com 16 anos ou mais na cidade de São Paulo.

Leia também:

A questão é vista de forma distinta de acordo com a renda familiar mensal do entrevistado. Entre os que ganham até dois salários mínimos (R$2.090), 77% afirmam que as escolas deveriam seguir inativas nos próximos dois meses. Entre os que possuem renda de mais de 10% salários mínimos (R$ 10.450) esse índice cai para 56%.

Entretanto, quando o critério é entre domicílios que abrigam estudantes da rede privada e pública, a questão é vista de maneira semelhante. 75% dos eleitores na primeira situação são contra o retorno da atividade escolar presencial, assim como 79% dos eleitores que têm crianças em creches da prefeitura, 80% na rede municipal e 77% na estadual.

O governador João Doria (PSDB) manteve o cronograma de reabertura a partir de outubro e já liberou parte das atividades escolares no estado no início do mês de setembro. Bruno Covas (PSDB), prefeito da capital paulista, que disputa em novembro a reeleição, adiou para novembro a decisão.

Na última sexta-feira (25), Covas anunciou que a capital paulista deve passar por um censo sorológico em todos os professores e alunos da rede municipal de educação acima de quatro anos antes do retorno às aulas presenciais.

A primeira fase do censo deve começar nos primeiros dias de outubro, com mais de 180 mil participantes. Ao todo, a prefeitura espera testar mais de 770 mil pessoas.

Após sete meses de pandemia do novo coronavírus, o Brasil registra mais de 140 mil mortos e quase 4,7 milhões de casos confirmados.