Mercado fechado

São Paulo joga o melhor futebol entre os grandes paulistas

Fernando diniz orienta o time na vitória sobre a Ponte Preta. Foto: Marcello Zambrana/AGIF

O São Paulo fez 2 a 1 na Ponte Preta, na segunda vitória consecutiva no Campeonato Paulista. O resultado elevou o time à terceira melhor campanha do torneio, atrás de Santo André e Palmeiras, e manteve a liderança do seu grupo. O tricolor apresentou clara evolução em relação aos últimos jogos e dominou todo o confronto. É verdade que a Ponte teve um gol mal anulado, mas o São Paulo também não teve um pênalti claro marcado a seu favor.

Pato abriu o placar e Reinaldo fez o segundo gol. Durante toda a primeira etapa, o São Paulo teve mais posse de bola, criações de jogadas, passagens dos laterais e boas alternativas pelo meio-campo. Vitor Bueno foi o melhor em campo, como armador e finalizador. Se não fosse o goleiro Ivan e as chances desperdiçadas, o São Paulo teria goleado a Ponte Preta. O escore só não foi maior porque o São Paulo relaxou quando ficou com um homem a mais, depois da expulsão de Yuri. A Ponte diminuiu e deixou o confronto em expectativa até o apito final.

Não é exagero dizer que depois de oito rodadas do Estadual, o São Paulo tem o melhor futebol entre os grandes rivais. O Palmeiras tem mais pontos, mas não evolui e depende muito de Dudu. O Corinthians ainda não se acertou com Tiago Nunes, com riscos de eliminação e o Santos de Jesualdo só foi jogar bem na oitava partida.

Na comparação com eles, o São Paulo ESTÁ melhor e pode crescer. Numa semana de Libertadores da América, ficou uma boa impressão para a estreia contra o Binacional do Peru. Diniz merece elogios e está aproveitando os dias de treinamentos. A ver no torneio sul-americano.