Mercado fechado
  • BOVESPA

    101.915,45
    -898,58 (-0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.698,72
    -97,58 (-0,20%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,95
    +0,77 (+1,16%)
     
  • OURO

    1.775,80
    -0,70 (-0,04%)
     
  • BTC-USD

    57.354,94
    -620,50 (-1,07%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.456,40
    +13,62 (+0,94%)
     
  • S&P500

    4.567,00
    -88,27 (-1,90%)
     
  • DOW JONES

    34.483,72
    -652,22 (-1,86%)
     
  • FTSE

    7.059,45
    -50,50 (-0,71%)
     
  • HANG SENG

    23.475,26
    -376,98 (-1,58%)
     
  • NIKKEI

    27.821,76
    0,00 (0,00%)
     
  • NASDAQ

    16.236,50
    +86,00 (+0,53%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3931
    +0,0231 (+0,36%)
     

São Paulo investiu R$ 1,04 bilhões para diminuir desigualdades municipais em 2021

·1 min de leitura
Foto: Getty Images.
Foto: Getty Images.
  • O objetivo do projeto é permitir que municípios de São Paulo tenham as mesmas oportunidades;

  • Com a implementação do programa, desde 2019, só em 2021 se investiu R$ 1,04 bilhões;

  • As áreas beneficiadas foram as da educação, da saúde, da segurança pública e do desenvolvimento socioeconômico.

Em 2019, com o objetivo de permitir que os municípios de São Paulo tivessem as mesmas oportunidade de desenvolvimento e competição, o governo paulista criou o programa Parcerias Municipais. Como efeito, só em 2021 se investiu R$ 1,04 bilhões nas áreas da educação, saúde, segurança pública e desenvolvimento socioeconômico. 

A coordenação completa do programa é realizada pela Secretaria de Desenvolvimento Regional de São Paulo, que conecta os municípios desejantes a participar, assim como também liga o projeto ao setor privado.

Leia também:

Dessa forma, a secretaria também permite que a equipe técnica possa orientar e conduzir ações, de modo que o dinheiro e os benefícios cheguem às pessoas que necessitam.

Segundo Marco Vinholi, secretário de Desenvolvimento Regional, durante o primeiro ano de existência, o programa contou com 87% de adesão das prefeituras de São Paulo. Em 2021, atingiram-se 97% dos municípios participantes.

Nos quase três anos de implementação, cerca de 45 mil ações foram planejadas e realizadas. O bom efeito inclusive rendeu o prêmio Destaque Boas Práticas, concedido pelo Centro de Liderança Pública.

Alguns dos resultados positivos do programa Parcerias Municipais são a ampliação do acesso a creches em 46% e a redução de 57% na mortalidade infantil e materna dentro dos municípios participantes. 

Também houve uma diminuição de 70% em número de óbitos de prematuros por doenças crônicas não transmissíveis, e o encolhimento em 69% dos roubos locais nos municípios onde o problema era mais presente.

As informações são da Exame.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos