Mercado abrirá em 1 h 57 min
  • BOVESPA

    119.297,13
    +485,13 (+0,41%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.503,71
    +151,51 (+0,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,17
    +0,99 (+1,65%)
     
  • OURO

    1.742,20
    -5,40 (-0,31%)
     
  • BTC-USD

    64.380,53
    +1.351,50 (+2,14%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.384,38
    +90,39 (+6,99%)
     
  • S&P500

    4.141,59
    +13,60 (+0,33%)
     
  • DOW JONES

    33.677,27
    -68,13 (-0,20%)
     
  • FTSE

    6.906,88
    +16,39 (+0,24%)
     
  • HANG SENG

    28.900,83
    +403,58 (+1,42%)
     
  • NIKKEI

    29.620,99
    -130,61 (-0,44%)
     
  • NASDAQ

    13.997,25
    +21,50 (+0,15%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,8341
    +0,0029 (+0,04%)
     

São Paulo deve quase um ano a Daniel Alves

Jorge Nicola
·1 minuto de leitura
Daniel Alves tem sido extremamente tolerante com as dívidas tricolores (Rubens Chiri/São Paulo)
Daniel Alves tem sido extremamente tolerante com as dívidas tricolores (Rubens Chiri/São Paulo)

Entre R$ 8 milhões e R$ 9 milhões. É essa a dívida declarada do São Paulo com Daniel Alves. O Blog apurou que essas pendências se referem a direitos de imagem e luvas, que compõem a maior parte dos vencimentos do lateral/meia.

O capitão tricolor ganha R$ 1,5 milhão por mês. Ou deveria ganhar. É que o São Paulo só tem conseguido pagar R$ 500 mil mensais, que se referem à parte em carteira assinada. O outro R$ 1 milhão não é quitado há aproximadamente nove meses, embora Julio Casares tenha conseguido quitar uma boa quantia assim que assumiu a presidência, em janeiro.

Leia também:

Responsável pela dívida, a antiga diretoria havia obtido empréstimos bancários pouco antes da virada do ano. Foi com essa receita que Casares reduziu um pouco a dívida com Daniel Alves e quitou também outras pendências com os atletas.

A ideia dos novos dirigentes são-paulinos é tentar um acordo com Daniel Alves, parcelando a dívida e sonhando com uma redução nos vencimentos em breve. Mas não está descartada a rescisão do contrato de forma amigável na metade do ano em caso de proposta do exterior.