Mercado fechado

Santos tem a informação de que Palmeiras negocia com Robinho

Jorge Nicola
·2 minutos de leitura
Robinho está livre desde julho, quando o Istanbul Basaksehir conquistou o Campeonato Turco (Getty Images)
Robinho está livre desde julho, quando o Istanbul Basaksehir conquistou o Campeonato Turco (Getty Images)

O Palmeiras tem interesse na contratação de Robinho. Pelo menos é essa a informação que o presidente do Santos, Orlando Rollo, recebeu ao longo da sexta-feira, depois do impasse criado entre o Peixe e o Rei das Pedaladas por causa da questão financeira.

Amigo de longa data de Robinho, o jornalista Ademir Quintino revelou que um clube da Capital havia feito uma proposta oficial ao jogador. O Blog então entrou em contato com Rollo, que diz ter sido avisado sobre o Palmeiras. Importante: nenhum dirigente alviverde confirma.

Tudo indicava que Robinho jogaria no Santos. Restava apenas que o Peixe tivesse a liberação da Fifa para inscrever novos jogadores. Porém, na manhã desta sexta-feira, Rollo anunciou em coletiva que o clube não tem capacidade financeira para contratar o atacante.

A pedida do Rei das Pedaladas seria de R$ 500 mil por mês em um contrato de dois anos e três meses. Depois da entrevista do presidente, a representante de Robinho, Marisa Alija, revelou que o jogador toparia assinar com o Peixe mesmo tendo um salário de R$ 10 nos três primeiros meses.

O ídolo santista ainda toparia receber 60% dos R$ 600 mil no quarto e no quinto mês, ficando com o salário integral apenas a partir de março.

Diante das declarações da advogada de que Robinho topa um salário simbólico, Rollo afirmou que estará no CT santista a partir das 12h deste sábado e que espera por Marisa, a fim de tentar um acerto. A procuradora respondeu que Rollo tem seu telefone e que aguarda por um contato do presidente.

Em contato com o Blog durante a madrugada, Rollo soltou uma frase forte: “O Santos faliu. Infelizmente, não temos capacidade financeira para contratar o Robinho. Eu adoraria, porque é meu ídolo. Mas não podemos. Não conseguiremos ”, disse Rollo em contato com o Blog.

De