Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.095,53
    +537,86 (+0,50%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.056,27
    +137,99 (+0,27%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,65
    +0,60 (+0,83%)
     
  • OURO

    1.783,70
    -1,00 (-0,06%)
     
  • BTC-USD

    50.651,96
    +171,50 (+0,34%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.320,56
    +15,44 (+1,18%)
     
  • S&P500

    4.701,21
    +14,46 (+0,31%)
     
  • DOW JONES

    35.754,75
    +35,32 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.337,05
    -2,85 (-0,04%)
     
  • HANG SENG

    23.996,87
    +13,21 (+0,06%)
     
  • NIKKEI

    28.860,62
    +405,02 (+1,42%)
     
  • NASDAQ

    16.378,50
    +60,50 (+0,37%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2761
    -0,0636 (-1,00%)
     

Santos F.C. entra para o time dos tokens

·2 min de leitura

Criptos como reforços de peso para futebol

O crescimento do mercado de criptoativos, sobretudo de tokens, surgiu como ajuda providencial para o mundo esportivo arrecadar recursos mesmo em meio à pandemia de Covid-19, que obrigou a paralisação mesmo dos maiores campeonatos do planeta.

O futebol, com seu enorme alcance, popularidade e legião de fãs, vem obtendo os resultados mais expressivos do modelo. Como principal exemplo, foi confirmado pela diretoria do Paris Saint-Germain (França) que o token do PSG foi parte crucial para bancar parte considerável do salário anual do astro Lionel Messi, que foi acertado em cerca de €40 milhões de euros.

Pensando nisso, o Santos Futebol Clube (SP) foi mais uma das equipes de peso a acreditar no potencial dos tokens. Em live transmitida na terça-feira (26), a parceria com o Mercado Bitcoin foi confirmada junto das primeiras informações oficiais sobre o funcionamento do “Token da Vila”.

Com preço fixado em R$ 50 pelos próximos 4 meses, a expectativa do prifutebmeiro lote é que cerca de 600 mil tokens sejam negociados, gerando valor esperado de R$ 30 milhões.

Seguindo o DNA Santista, base agora dará lucros em blockchains

Torcedores e investidores poderão se beneficiar do Mecanismo de Solidariedade da Fifa, que pode garantir até 5% de futuras transferências que envolvam os 12 atletas selecionados para o projeto – grandes nomes do futebol nacional e internacional que vestiram a camisa do Santos entre os 12 e 23 anos.

Dessa forma, após os 4 meses iniciais estipulados com preço fixo, o token será valorizado de acordo com o desempenho dos atletas, bem como diretamente remunerado com a confirmação das transferências que envolvam os jogadores em questão.

O destaque fica por conta da “presença” Neymar (PSG) no pack, mas os tokens incluirão também nomes como Rodrygo (Real Madrid – Espanha), Lucas Veríssimo (Benfica – Portugal), Emerson Palmieri (Lateral naturalizado italiano e campeão da Eurocopa 2020 com a Azzurra, defende o Lyon – França), Alex Sandro e Kaio Jorge (Juventus – Itália), Alan Patrick (Shakthar – Ucrânia), Caio Henrique e Jean Lucas (Mônaco – França), Yuri Alberto (Internacional – RS), além de Gustavo Henrique e Gabriel Barbosa (Flamengo – RJ).

Com a novidade, o Santos é o quinto time brasileiro a aderir aos criptoativos, se juntando à Flamengo, Atlético Mineiro (MG), além dos rivais Corinthians e São Paulo (SP).

Vice-campeão da Libertadores 2020, o Santos passa por um dos momentos mais delicados de sua história recente.

Em ano mais “econômico”, com redução de gastos e menor investimento para contratações, o time está na 17ª posição (a primeira da zona de rebaixamento para a segunda divisão) com 29 pontos somados faltando 11 jogos para o fim do Brasileirão 2021.

Ao enfrentar hoje (27) o Fluminense (RJ), o Peixe se manter ao lado de São Paulo e Flamengo como um dos únicos times da elite do futebol brasileiro que nunca foi à Série B nacional.

This article was originally posted on FX Empire

More From FXEMPIRE:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos