Mercado abrirá em 9 horas 1 minuto

Santos Brasil acredita que comércio com China deve voltar ao normal a partir de maio

Taís Hirata

O terminal da empresa no Porto de Santos deverá sofrer uma retração decorrente de cinco cancelamentos de viagens que viriam do país asiático A chegada de contêineres vindos da China deverá voltar ao normal a partir do fim de abril e início de maio, segundo o presidente da Santos Brasil, Antônio Carlos Sepúlveda, que falou nesta sexta-feira com analistas em teleconferência sobre os resultados do quarto trimestre de 2019.

Tim Rue/Bloomberg

O terminal da empresa no Porto de Santos deverá sofrer uma retração decorrente de cinco cancelamentos de viagens que viriam do país asiático, desde o início da crise provocada pela epidemia do coronavírus.

Considerando apenas os contêineres que viriam cheios, a estimativa é que, em março, 2.500 contêineres deixem de chegar ao terminal.

No entanto, há também uma expectativa de que parte da carga deixada para trás na China ainda venha ao Brasil nas próximas semanas, segundo o presidente.

“O que deixou de embarcar não necessariamente sumirá. A carga está no chão [na China]. Deve haver um pico depois. É difícil precisar o que de fato sumirá da estatística, mas parte disso virá ao longo de maio”, disse Sepúlveda.