Mercado abrirá em 2 h 5 min
  • BOVESPA

    119.297,13
    +485,13 (+0,41%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.503,71
    +151,51 (+0,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,10
    +0,92 (+1,53%)
     
  • OURO

    1.743,70
    -3,90 (-0,22%)
     
  • BTC-USD

    64.242,99
    +1.090,17 (+1,73%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.384,71
    +90,72 (+7,01%)
     
  • S&P500

    4.141,59
    +13,60 (+0,33%)
     
  • DOW JONES

    33.677,27
    -68,13 (-0,20%)
     
  • FTSE

    6.906,92
    +16,43 (+0,24%)
     
  • HANG SENG

    28.900,83
    +403,58 (+1,42%)
     
  • NIKKEI

    29.620,99
    -130,61 (-0,44%)
     
  • NASDAQ

    13.998,75
    +23,00 (+0,16%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,8359
    +0,0047 (+0,07%)
     

Santander planeja fechar quatro escritórios no Reino Unido

Tom Metcalf
·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- O Banco Santander planeja fechar quatro escritórios no Reino Unido como parte da transição para um modelo de trabalho mais flexível.

O banco fechará escritórios em Bootle, Newcastle, London Portman House e Manchester Deansgate até o final de 2021, disse o Santander em comunicado na quinta-feira. Também ocupará menos espaço em quatro locais, como nos escritórios de Ludgate Hill e Triton Square, em Londres.

Milton Keynes, onde o banco investiu 150 milhões de libras (US$ 205 milhões) em um novo campus, se tornará a sede do Reino Unido, ao lado das bases em Belfast, Bradford, Glasgow, Londres e Sheffield.

“A pandemia acelerou a tendência existente em direção ao trabalho mais flexível”, disse Nathan Bostock, diretor-presidente do Santander UK. Cerca de 5 mil funcionários afetados pelas mudanças terão a opção de novos regimes que combinam o trabalho em casa com o acesso a escritórios.

Empresas buscam soluções para o local de trabalho pós-Covid, e alguns bancos, como o HSBC, planejam reduzir o espaço ocupado em imóveis quando funcionários resistem a um retorno total aos escritórios. A Nationwide disse aos 13 mil funcionários que poderão trabalhar em qualquer lugar do país.

Desde o início do surto de coronavírus, 85% dos funcionários de escritórios do Santander trabalham de casa, segundo o banco, que planeja manter o trabalho remoto até pelo menos 21 de junho, refletindo diretrizes dos governos para o controle da pandemia.

O banco espanhol também disse na quinta-feira que planeja fechar 20% das agências no Reino Unido, já que a tecnologia e o trabalho remoto continuam transformando o modelo tradicional de serviços bancários de varejo.

As 111 agências serão fechadas até o fim de agosto, o que resultará em uma rede de 452 unidades de varejo. Muitos bancos revisam a presença já em queda em cidades britânicas após a pandemia, que levou mais clientes a adotarem serviços online.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.