Mercado fechado
  • BOVESPA

    100.539,83
    +1.882,18 (+1,91%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    38.201,81
    +546,36 (+1,45%)
     
  • PETROLEO CRU

    41,51
    +0,05 (+0,12%)
     
  • OURO

    1.911,90
    -3,50 (-0,18%)
     
  • BTC-USD

    11.927,38
    +870,37 (+7,87%)
     
  • CMC Crypto 200

    239,54
    +0,62 (+0,26%)
     
  • S&P500

    3.443,12
    +16,20 (+0,47%)
     
  • DOW JONES

    28.308,79
    +113,37 (+0,40%)
     
  • FTSE

    5.889,22
    +4,57 (+0,08%)
     
  • HANG SENG

    24.569,54
    +27,28 (+0,11%)
     
  • NIKKEI

    23.567,04
    -104,09 (-0,44%)
     
  • NASDAQ

    11.677,50
    +16,75 (+0,14%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6264
    +0,0275 (+0,42%)
     

Santander compra a corretora Toro Investimentos

·1 minuto de leitura
*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, 6/9/2011 - Fachada da agencia do banco Santander, dentro do shopping tatuape. (Foto - Marlene Bergamo/Folhapress)
*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, 6/9/2011 - Fachada da agencia do banco Santander, dentro do shopping tatuape. (Foto - Marlene Bergamo/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Grupo Santander Brasil adquiriu o controle da corretora online Toro Investimentos, pela compra de 60% do capital social da empresa. O banco irá fundir a Toro com a Pi Investimentos –plataforma de investimentos do Santander– para consolidar uma única corretora online, que deverá ter a Toro como marca remanescente e as cores da Pi.

A transação, sujeita à aprovação das autoridades, envolverá compra de ações, aumento de capital e aporte de ativos operacionais da Pi. Gabriel Kallas seguirá no cargo de presidente, e o atual presidente da Pi, José Clemenceau, assumirá a função de diretor de operações.

A Toro foi criada em 2010, em Belo Horizonte, e há dois anos passou a atuar na intermediação de transações de valores mobiliários. Com o crescimento de investidores de renda variável, nos últimos cinco meses, a corretora foi de 20ª para a 12ª posição na B3 em volume de negócios.

A Pi, por sua vez, foi lançada pelo Santander Brasil em março de 2019 como uma plataforma digital de investimentos.

"Percebemos que a Pi e a Toro são duas legítimas representantes da mais nova geração das plataformas de investimento. Ambas são catalizadoras da desintermediação e democratização de produtos antes reservados a clientes com mais recursos. Juntas, elas serão protagonistas deste novo momento do mercado brasileiro, quando cada vez mais investidores buscam alternativas aos produtos tradicionais de renda fixa, em busca de rentabilidade, praticidade e segurança", afirma Alberto Monteiro, vice-presidente de gestão de patrimônio do Santander.