Mercado abrirá em 9 h 12 min

Santander Brasil transfere ações da Superdigital para matriz do grupo

Álvaro Campos

A transação movimentou R$ 270 milhões O Santander Brasil informou que seu conselho de administração aprovou a venda da totalidade das ações da Super Pagamentos e Administração de Meios Eletrônicos (Superdigital) para a Superdigital Holding, sociedade controlada indiretamente pelo Banco Santander SA, ou seja, a matriz do grupo espanhol. A transação movimentou R$ 270 milhões.

Mark Lennihan / Associated Press

O Santander Brasil havia comprado 50% da ContaSuper no fim de 2014, adquirindo a metade restante em 2016. Em 2017, mudou o nome para Superdigital. A companhia havia sido fundada em 2012 por Alfredo Morais e Márcio Salomão.

No ano passado, o Santander decidiu apostar na Superdigital e exportar o modelo para sete países da América Latina. “A Superdigital permitiu ao Santander iniciar uma forma inovadora de ampliar a bancarização da população brasileira, que agora será alavancada pela plataforma digital global do Grupo Santander e expandida para outros países em que o Grupo Santander opera, permitindo a conquista de novos clientes”, diz o banco.

Segundo a companhia, essa é mais uma iniciativa que fortalece o ecossistema do Santander Brasil, trazendo mais sinergia entre os negócios, proporcionando expansão do portfólio de produtos e serviços com foco na contínua melhoria do atendimento aos clientes. “A operação resultará na reavaliação positiva do crescimento da Superdigital no Brasil e demais países para os próximos anos, com maior geração de negócios e ganhos de escala”.