Mercado abrirá em 3 h 6 min
  • BOVESPA

    129.441,03
    -634,97 (-0,49%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.286,46
    +400,16 (+0,79%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,49
    +0,58 (+0,82%)
     
  • OURO

    1.861,60
    -18,00 (-0,96%)
     
  • BTC-USD

    39.634,36
    +4.055,48 (+11,40%)
     
  • CMC Crypto 200

    907,39
    -34,43 (-3,66%)
     
  • S&P500

    4.247,44
    +8,26 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.479,60
    +13,40 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.161,27
    +27,21 (+0,38%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,23 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    29.161,80
    +213,07 (+0,74%)
     
  • NASDAQ

    14.031,25
    +37,00 (+0,26%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1908
    -0,0018 (-0,03%)
     

Sanofi anuncia resultados positivos de fase 2 de sua vacina anticovid

·1 minuto de leitura
Sanofi afirmou que os resultados intermediários do teste em humanos de fase 2 mostram que a administração da vacina "induz a produção de altas concentrações de anticorpos neutralizantes em adultos de todas as idades"

O laboratório francês Sanofi publicou nesta segunda-feira (17) resultados positivos de um teste clínico sobre sua principal candidata a uma vacina contra a covid-19, desenvolvida em parceria com a britânica GSK, após um revés que provocou vários meses de atraso.

Os resultados intermediários do teste em humanos de fase 2 mostram que a administração da vacina "induz a produção de altas concentrações de anticorpos neutralizantes em adultos de todas as idades a níveis comparáveis aos observados em pessoas que se recuperaram da infecção", explica o laboratório em um comunicado.

Um estudo de fase 3, antes da possível autorização da vacina a base de proteína recombinante, começará nas próximas semanas, completa a Sanofi, que iniciará a produção do fármaco ao mesmo tempo.

O estudo avaliará duas formulações da vacina, em particular contra as variantes de Wuhan e da África do Sul, destacou o grupo.

Os resultados da fase 2 mostram produção de anticorpos em 95% a 100% dos casos, depois da administração de uma segunda dose, em todas as faixas etárias (18 a 95 anos) e para todas as doses examinadas.

Além disso, nas pessoas que já foram infectadas com covid-19 apenas uma dose da vacina produziu concentrações elevadas de anticorpos neutralizantes, "o que destaca o forte interesse potencial que representa seu desenvolvimento para a vacinação de reforço", afirma a Sanofi.

A Europa já aplica as vacinas dos laboratórios Pfizer-BioNTech, Moderna, Johnson & Johnson e AstraZeneca.

A Sanofi também está desenvolvendo uma segunda vacina candidata com a empresa americana Translate Bio, baseada na tecnologia de RNA mensageiro, utilizada pelas vacinas da Pfizer-BioNTech e Moderna.

lem/ak/mis/mas/fp