Sanções reduziram em 50% a receita por petróleo do Irã

Teerã, 16 dez (EFE).- As receitas provenientes do petróleo do Irã caíram 50% desde o último mês de março devido às sanções impostas por União Europeia, Estados Unidos e outros países, disse o ministro da Economia iraniana, Shamsedin Hosseini.

Em declarações ao jornal econômico iraniano "Donya e Egtesad", Hosseini ressaltou que, "devido às sanções, as receita do petróleo se reduziram 50%", o que rebaixará consideravelmente as capacidades do Estado.

Acrescentou que, entre 20 de março de 2012 e 19 de março de 2013, os cofres do Estado iraniano receberão apenas dois terços da receita que esperavam, apesar do que, "com uma boa gestão, não teremos problemas para pagar salários e contas".

Segundo números de organismos internacionais, no ano passado o Irã exportou quase 2,5 milhões de barris de petróleo por dia.

Neste ano, após a entrada em vigor de novas sanções petrolíferas e financeiras de EUA e União Europeia à República Islâmica, em alguns meses a média de suas exportações de petróleo iraniano pode não ter chegado a um milhão de barris. EFE

Carregando...