Mercado abrirá em 5 h 6 min
  • BOVESPA

    122.038,11
    +2.117,11 (+1,77%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.249,02
    +314,12 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,35
    +0,45 (+0,69%)
     
  • OURO

    1.835,10
    +3,80 (+0,21%)
     
  • BTC-USD

    58.558,16
    +572,67 (+0,99%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.561,26
    +125,48 (+8,74%)
     
  • S&P500

    4.232,60
    +30,98 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    34.777,76
    +229,26 (+0,66%)
     
  • FTSE

    7.141,33
    +11,62 (+0,16%)
     
  • HANG SENG

    28.539,82
    -70,83 (-0,25%)
     
  • NIKKEI

    29.518,34
    +160,52 (+0,55%)
     
  • NASDAQ

    13.656,25
    -53,50 (-0,39%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3645
    -0,0006 (-0,01%)
     

Samsung ultrapassa Apple e retoma liderança do mercado de smartphones

Redação Finanças
·1 minuto de leitura
Minsk, Belarus - March 8, 2019 : Smartphone samsung galaxy s 10 aquamarine color Illustrative editorial
Samsung vendeu 77 milhões de smartphones no primeiro trimestre de 2021
  • Samsung ultrapassou novamente a rival Apple no número de smartphones vendidos

  • Sul-coreana vendeu 77 milhões de aparelhos, enquanto a companhia americana vendeu 57 milhões

  • Levantamento foi feito pela Strategy Analytics

A Samsung ultrapassou a Apple e recuperou a liderança no mercado mundial de smartphones nos três primeiros meses do ano, segundo levantamento da Strategy Analytics. No fim de 2020, a marca da maçã tinha passado à frente da rival com as vendas do iPhone 12, mas isso não durou muito. As informações são da Exame.

Leia também:

No primeiro trimestre, foram vendidos 340 aparelhos no mundo todo, um aumento de 24% em relação ao mesmo período, mesmo com a escassez de chips. Desse total, a empresa sul-coreana vendeu 77 milhões, ao passo que a Apple comercializou 57 milhões.

A companhia dos Estados Unidos detém 17% mercado enquanto a Samsung fica com 23%.

Apesar de ter sido vencida, a Apple teve um aumento de 44% das vendas em comparação com os três primeiros meses de 2020. 

Os cinco mais

A Xiaomi ocupa o terceiro lugar do pódio, com 49 milhões de smartphones vendidos no período, um crescimento de 80% ante o primeiro trimestre de 2020. 

Oppo e vivo, do grupo chinês BBK, venderam 38 e 38 milhões de aparelhos no período, respectivamente. Elas ficam com 11% da parcela de mercado cada. 

A Huawei, que antes figurava entre os cinco maiores vendedores, agora caiu de posição, depois de sanções dos Estados Unidos.