Mercado fechado
  • BOVESPA

    130.091,08
    -116,88 (-0,09%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.908,18
    -121,36 (-0,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,51
    +0,39 (+0,54%)
     
  • OURO

    1.857,50
    +1,10 (+0,06%)
     
  • BTC-USD

    39.938,96
    -469,12 (-1,16%)
     
  • CMC Crypto 200

    992,20
    -18,41 (-1,82%)
     
  • S&P500

    4.246,59
    -8,56 (-0,20%)
     
  • DOW JONES

    34.299,33
    -94,42 (-0,27%)
     
  • FTSE

    7.172,48
    +25,80 (+0,36%)
     
  • HANG SENG

    28.638,53
    -203,60 (-0,71%)
     
  • NIKKEI

    29.428,97
    -12,33 (-0,04%)
     
  • NASDAQ

    14.043,50
    +13,25 (+0,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1144
    -0,0035 (-0,06%)
     

Samsung terá mesmo WearOS na próxima geração do Galaxy Watch 4

·2 minuto de leitura
Samsung terá mesmo WearOS na próxima geração do Galaxy Watch 4
Samsung terá mesmo WearOS na próxima geração do Galaxy Watch 4

O que era tratado como pura especulação parece que vai se tornar realidade, e a Samsung trocará seu sistema operacional próprio (Tizen) pelo WearOS, do Google, em seus próximos relógios e pulseiras inteligentes. A informação foi dada em primeira mão pelo pessoal do Sam Mobile, junto de outras novidades a respeito do Galaxy Watch 4.

Segundo o site, o sistema WearOS nos novos dispositivos da Samsung será acompanhado da interface One UI 3.x, que será totalmente nova e está sendo produzida justamente para dar suporte à nova geração de wearables da marca sul-coreana. Além disso, recursos inéditos do SmartThings também serão inclusos no projeto.

Relógio de “espião”?

Um dos novos recursos do Galaxy Watch da Samsung não está diretamente ligado ao sistema operacional WearOS, mas promete chamar a atenção e despertar o ‘lado espião’ que existe em você. Ele permitirá transformar o relógio inteligente em um comunicador, tipo walkie-talkie. Ou seja: um usuário poderá enviar mensagens curtas, em áudio, para os amigos.

De acordo com as novas informações, a Samsung poderá disponibilizar até três novas versões de seu smartwatch. Uma terá elementos de design mais clássicos, não muito diferente de um relógio convencional. As demais, que contarão com o modelo Active, terão elementos de design esportivo. Ainda não há uma data certa prevista para o lançamento dos novos wearables Samsung com WearOS, mas as apostas apontam para a chegada junto da nova geração dos smartphones dobráveis, Z Flip e Z Fold, no segundo semestre.

As informações sobre as cores da nova geração do wearable da Samsung não são muito específicas até o momento, mas dão conta de que ele deve receber as mesmas opções que o Galaxy Z Fold 3, como aconteceu na época do Watch 3 e do S20. Isso indica que o dispositivo pode chegar em preto, verde, bege e violeta.

Via Sam Mobile