Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.282,67
    -781,69 (-0,69%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.105,71
    -358,56 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,95
    +0,65 (+0,89%)
     
  • OURO

    1.750,60
    +0,80 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    42.560,80
    -452,18 (-1,05%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.067,20
    -35,86 (-3,25%)
     
  • S&P500

    4.455,48
    +6,50 (+0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.798,00
    +33,18 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.051,48
    -26,87 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    24.192,16
    -318,82 (-1,30%)
     
  • NIKKEI

    30.248,81
    +609,41 (+2,06%)
     
  • NASDAQ

    15.319,00
    +15,50 (+0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2556
    +0,0306 (+0,49%)
     

Samsung quer que smartphones dobráveis se tornem referência para mercado

·2 minuto de leitura
Samsung quer que smartphones dobráveis se tornem referência para mercado
Samsung quer que smartphones dobráveis se tornem referência para mercado

Com a chegada dos novos Galaxy Z Fold 3 e Galaxy Z Flip 3, A Samsung planeja popularizar ainda mais os smartphones dobráveis no mercado de topos de linha. A expectativa da fabricante é que, com a queda nos preços dos aparelhos mais antigos, como o Galaxy Z Fold 2, se construa uma cultura em torno destes modelos, os tornando em um padrão a ser seguido.

De acordo com um relatório da empresa de pesquisa de mercado Strategy Analytics, a estimativa da Samsung é que a demanda por smartphones dobráveis chegará a 6,5 milhões de unidades vendidas em 2021. O número é quase três vezes maior que as vendas de 2020.

Para alcançar estes objetivos, a Samsung diminui proporcionalmente os valores dos dispositivos. Enquanto o Galaxy Z Fold 2 chegou ao mercado por US$ 1.999 (R$ 10.499), o Z Fold 3 foi lançado por US$ 1.799 (R$ 9444, lá fora, sem impostos). Ainda que seja considerado um valor alto, até para o mercado americano, o preço é próximo ao de outros carro-chefe da indústria, como o iPhone 12 e os Galaxy S21.

Leia mais:

Aparelhos devem ser alternativa ao Galaxy Note

A Samsung espera que a cada nova geração dos Galaxy Z Fold 3, os aparelhos se tornem mais e mais populares, atendendo camadas específicas do público. Além disso, Jacob Chen, vice-presidente da Samsung em Taiwan declarou recentemente que a marca dobrou o orçamento de marketing para smartphones dobráveis, em relação a quantia destinada na promoção do Galaxy Note, em 2020.

Embora já tenha declarado que não pretende aposentar a linha Note, fica claro que a Samsung planeja expandir o conceito de smartphone dobráveis com foco em produtividade. Recentemente, a empresa divulgou um vídeo em que destaca a união das canetas S-Pen com os recursos exclusivos do Galaxy Z Fold 3.

Tanto o Galaxy Z Fold 3 e o Galaxy Z Flip 3 estão em pré-venda no Brasil e serão lançados e 27 de agosto. O preço oficial ainda não foi divulgado pela Samsung

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos