Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.405,35
    +348,13 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.319,57
    +116,77 (+0,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,50
    +0,46 (+0,65%)
     
  • OURO

    1.763,90
    -10,90 (-0,61%)
     
  • BTC-USD

    35.639,91
    -1.950,73 (-5,19%)
     
  • CMC Crypto 200

    888,52
    -51,42 (-5,47%)
     
  • S&P500

    4.166,45
    -55,41 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    33.290,08
    -533,37 (-1,58%)
     
  • FTSE

    7.017,47
    -135,96 (-1,90%)
     
  • HANG SENG

    28.801,27
    +242,68 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    28.964,08
    -54,25 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.103,00
    -62,50 (-0,44%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0361
    +0,0736 (+1,23%)
     

Samsung Galaxy S22 não deve ter câmera frontal sob a tela

·2 minuto de leitura

Novos rumores que surgiram na mídia sul-coreana podem chegar como uma má notícia para quem espera por muitas inovações no setor das câmeras da série Galaxy S22. Isso porque, de acordo com algumas informações vazadas, os celulares da linha não devem contar com um sensor de selfie posicionado abaixo do display, ao contrário do que muitos esperavam para os próximos flagships da Samsung.

Caso siga a nova tendência adotada com a linha Galaxy S21, a fabricante deverá anunciar três variantes do Galaxy S22 nos primeiros meses de 2022. Ainda faltam alguns meses até que informações mais concretas comecem a circular, mas alguns rumores já levantam o que podem ser as primeiras características do topo de linha.

Apesar de agora as informações apontarem para a ausência de uma câmera frontal sob o display, essa informação já foi especulada anteriormente, assim como a possibilidade de a série inaugurar um sensor de 200 MP na traseira.

Para justificar essa suposta remoção da tecnologia de câmera abaixo do display, as fontes sul-coreanas indicam que essa característica não permitiria uma boa qualidade de imagem com a câmera frontal, o que não deixaria a Samsung confortável para arriscar essa implementação na principal linha de flagships da marca.

Além disso, a utilização já nesta geração da linha S também poderia acarretar atrasos na comercialização dos dispositivos e, com isso, afetar o cronograma de lançamentos da empresa.

No entanto, para os amantes do mercado de dispositivos móveis que estão ansiosos por algo nesse sentido, é possível que a Samsung apresente a tecnologia pela primeira vez na tela interna do Galaxy Z Fold 3, que ainda contaria com outras opções de lentes frontais e, dessa forma, não arriscaria a qualidade de selfies do celular.

Além do dobrável, também é possível que a série Galaxy Note de 2022, caso seja lançada no último semestre, também aproveite a tecnologia que, até lá, deve ficar mais avançada e pronta para uso em dispositivos com maior alcance do público.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos