Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.113,93
    +412,93 (+0,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.726,98
    +212,88 (+0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,07
    -0,06 (-0,10%)
     
  • OURO

    1.777,30
    -2,90 (-0,16%)
     
  • BTC-USD

    55.782,69
    -5.392,24 (-8,81%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.398,97
    +7,26 (+0,52%)
     
  • S&P500

    4.185,47
    +15,05 (+0,36%)
     
  • DOW JONES

    34.200,67
    +164,67 (+0,48%)
     
  • FTSE

    7.019,53
    +36,03 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    28.969,71
    +176,61 (+0,61%)
     
  • NIKKEI

    29.683,37
    +40,67 (+0,14%)
     
  • NASDAQ

    14.024,00
    -5,50 (-0,04%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6842
    -0,0369 (-0,55%)
     

Samsung Galaxy A52 vs. Galaxy A51: o que muda entre as gerações?

Diego Sousa
·8 minuto de leitura

O Galaxy A52 foi oficializado pela Samsung com muitas melhorias em relação ao popular A51, como tela de melhor qualidade, bateria maior, processamento aprimorado, acabamento mais premium e recursos de câmeras até então presentes nas linhas Galaxy S e Note. Mas será que o novo smartphone intermediário da Samsung tem o que é preciso para continuar o legado de sucesso do seu antecessor?

Para tentar responder a essa pergunta, o Canaltech colocou os dois lado a lado e destacou nos próximos parágrafos as principais diferenças sobre eles. Antes de começar, vale mencionar que o Galaxy A52 chegou em duas opções de conectividade, 4G e 5G, e ambas serão incluídas neste comparativo.

Construção e design

Logo de cara, pode-se observar uma mudança no visual entre as gerações: o Galaxy A52 abandona o módulo de câmeras em formato de "peça de dominó" e passa a adotar integrá-lo de forma simétrica ao corpo do aparelho, como se fosse uma peça única. A disposição dos sensores, por outro lado, se inspira bastante nos novos Galaxy S21, enquanto o A51 se parece mais com o S20.

Visual do Galaxy A52 é inspirado nos novos aparelhos Galaxy S (Imagem: Reprodução/Samsung)
Visual do Galaxy A52 é inspirado nos novos aparelhos Galaxy S (Imagem: Reprodução/Samsung)

O acabamento do novo Galaxy A52 também mudou, trocando a tampa traseira brilhante do aparelho mais antigo por um visual meio fosco, também inspirado nos celulares mais novos da linha Galaxy S. Há quem curta essa aparência mais sóbria dos novos modelos, mas o visual do A51 não deixa de ser interessante e chamativo.

Visual brilhante do A51 impressional pela beleza (Imagem: Divulgação/Samsung)
Visual brilhante do A51 impressional pela beleza (Imagem: Divulgação/Samsung)

Uma das "novidades" mais interessantes do lançamento é a presença da certificação IP67, que promete resistência contra água e poeira — até um metro de profundidade por até 30 minutos, para ser mais exato. Esse recurso já havia sido implementado na linha Galaxy A, como nos antigos Galaxy A5 2017 e A8, mas ficara de fora das últimas gerações.

Tela

  • Samsung Galaxy A52: 6,5 polegadas, resolução Full HD+, Super AMOLED, 800 nits, taxa de atualização de 90 Hz (A52) ou 120 Hz (A52 5G);

  • Samsung Galaxy A51: 6,5 polegadas, resolução Full HD+, Super AMOLED, 600 nits, taxa de atualização de 60 Hz.

O Galaxy A52 manteve as 6,5 polegadas de tela do A51, assim como a resolução Full HD+ e a tecnologia Super AMOLED, que traz cores mais vivas e uma maior fidelidade de cores escuras. No entanto, o lançamento traz uma vantagem na frequência de atualização, subindo de 60 Hz para até 120 Hz no A52 5G — a versão 4G conta com "apenas" 90 Hz. Como você já deve saber, quanto mais alta a taxa de atualização, mais fluida será a tela em jogos e navegação no sistema.

Além disso, a Samsung afirmou que o Galaxy A52 oferece até 33% a mais de brilho, alcançando 800 nits, contra 600 nits do A51. Na prática, isso significa que o novo aparelho deve ser ideal para leitura em ambientes ensolarados.

Galaxy A51 tem tela Super AMOLED, mas A52 oferece mais taxa de atualização (Imagem: Divulgação/Samsung)
Galaxy A51 tem tela Super AMOLED, mas A52 oferece mais taxa de atualização (Imagem: Divulgação/Samsung)

O furo para a câmera frontal localizado na região superior central da tela permanece nos dois aparelhos, mas parece que o Galaxy A52 traz um aro com bordas ligeiramente mais finas.

Câmeras

  • Samsung Galaxy A52: 64 MP (principal, f/1.8) + 12 MP (ultra grande-angular, f/2.2) + 5 MP (macro, f/2.4) + 5 MP (profundidade, f/2.4) + 32 MP (frontal);

  • Samsung Galaxy A51: 48 MP (principal, f/2) + 12 MP (ultra grande-angular, f/2.2) + 5 MP (macro, f/2.4) + 5 MP (profundidade, f/2.2) + 32 MP (frontal).

O conjunto de câmeras do Galaxy A52 manteve os quatro sensores da geração passada, com lentes wide, ultrawide, macro e profundidade, mas o novo aparelho aumentou a resolução do sensor principal de 48 MP para 64 MP, além de permitir uma maior entrada de luz. A peça, ainda, possui sistema de estabilização óptica de imagem (OIS), possibilitando uma gravação de vídeo bem mais estável e fotos menos tremidas em ambiente noturno.

Câmera do A52 traz OIS e modo de vídeo profissional (Imagem: Reprodução/Samsung)
Câmera do A52 traz OIS e modo de vídeo profissional (Imagem: Reprodução/Samsung)

O Galaxy A52 também recebeu o modo de vídeo profissional, que permite ajustar ISO, balanço de branco e foco manualmente durante a gravação. Outra novidade é a ampliação de cenas suportadas pelo Otimizador de Cena, funcionalidade que ajuste as cores automaticamente de acordo com o cenário ou objeto focado.

Além disso, o lançamento continua capaz de gravar vídeos em 4K, mas ele pode fazer captar uma foto de 8 MP diretamente do vídeo — para caso de você ter gostado de uma frame e queira guardá-lo. O A52 também traz suporte para os filtros do Snapchat diretamente do aplicativo nativo de câmera.

Infelizmente, o Canaltech ainda não teve a oportunidade de testar a fundo as câmeras do novo Galaxy A52, mas as melhorias em relação ao A51 são promissoras!

Processamento e memória

  • Samsung Galaxy A52: Qualcomm Snapdragon 720G Octa-core (2x2.3 GHz Kryo 465 Gold & 6x1.8 GHz Kryo 465 Silver) - 4G
    Qualcomm Snapdragon 750G Octa-core (2x2.2 GHz Kryo 570 & 6x1.8 GHz Kryo 570) - 5G

  • Samsung Galaxy A51: Samsung Exynos 9611 Octa-core (4x2.3 GHz Cortex-A73 & 4x1.7 GHz Cortex-A53)

Quando o assunto é processamento, o Galaxy A52 trouxe melhorias muito interessantes em relação ao seu irmão mais antigo. O aparelho traz o chip Snapdragon 720G da Qualcomm, fabricado em 8 nanômetros (nm) e com velocidades de até 2,3 GHz. O A51, por outro lado, é equipado com o Exynos 9611 de 10 nm, ou seja, tende a consumir mais energia e ser menos eficiente que o presente no modelo mais recente.

A versão 5G do Galaxy A52 conta com o Snapdragon 750G, um dos chips 5G intermediários mais interessantes do mercado atualmente, e mais parrudo que o 720G. Os dois aparelhos mais novos trabalham com 6 GB de memória RAM e 128 GB de armazenamento interno, enquanto o A51 vendido no Brasil tem apenas 4 GB de RAM, embora também traga 128 GB de espaço interno.

No uso do dia a dia, tanto o A52 quanto o A52 5G prometem um desempenho bem mais interessante quando comparado com o irmão, com promessa de maior longevidade.

Bateria e recursos

Naturalmente, o alto processamento do Galaxy A52 exige uma bateria de maior capacidade, portanto ele entrega um tanque de 4.500 mAh, 500 mAh a mais que o A51. Embora a Samsung não tenha especificado, o A52 conta com suporte ao carregamento rápido.

(Imagem: Divulgação/Samsung)
(Imagem: Divulgação/Samsung)

Em relação aos recursos extras, o A52 traz dois alto-falantes estéreo otimizados com tecnologia Dolby Atmos, conjunto que promete até 43% mais volume. Ambos contam com um leitor de digitais localizado sob a tela, característica incomum entre os aparelhos do segmento intermediário mas que vem sendo bastante utilizada pela Samsung.

Galaxy A52 vs. A51: vale a pena o upgrade?

O Galaxy A52 chegou com melhorias significativas em quase todos os departamentos em relação ao popular Galaxy A51: corpo resistente à submersão em água doce; tela Super AMOLED até duas vezes mais fluida; brilho mais intenso; processamento mais veloz e econômico energeticamente; bateria está mais generosa; e, claro, câmeras com ainda mais recursos premium.

Sem dúvidas, se você procura um aparelho intermediário de respeito ou já possui um Galaxy A51, o A52 vale a compra, embora seja, pelo menos em um primeiro momento, um pouco dependente do seu futuro preço aqui no Brasil — o A51 se destacou principalmente pela sua relação custo-benefício.

O que você achou do Galaxy A52? Ele tem o suficiente para continuar o legado de sucesso do seu antecessor? Conte-nos sua opinião aqui embaixo, no campo dos comentários!

Samsung Galaxy A52: ficha técnica

  • Tela: 6,5 polegadas, resolução Full HD+, Super AMOLED, 800 nits, taxa de atualização de 90 Hz (A52) ou 120 Hz (A52 5G);

  • Chipset: Snapdragon 720G (4G) / Snapdragon 750G (5G);

  • Memória RAM: 6 GB;

  • Armazenamento interno: 128 GB;

  • Câmera traseira: 64 MP (principal, f/1.8) + 12 MP (ultra grande-angular, f/2.2) + 5 MP (macro, f/2.4) + 5 MP (profundidade, f/2.4);

  • Câmera frontal: 32 MP;

  • Dimensões: n/a;

  • Peso: n/a;

  • Bateria: 4.500 mAh;

  • Extras: certificação IP67, recarga rápida, leitor de digitais na tela, alto-falantes estéreo, Dolby Atmos;

  • Cores disponíveis: azul, preto, branco, violeta;

  • Sistema operacional: One UI 3 sob o Android 11.

Samsung Galaxy A51: ficha técnica

  • Tela: 6,5 polegadas, resolução Full HD+, Super AMOLED, 600 nits, taxa de atualização de 60 Hz;

  • Chipset: Samsung Exynos 9611;

  • Memória RAM: 4 GB;

  • Armazenamento interno: 128 GB;

  • Câmera traseira: 48 MP (principal, f/2) + 12 MP (ultra grande-angular, f/2.2) + 5 MP (macro, f/2.4) + 5 MP (profundidade, f/2.2);

  • Câmera frontal: 32 MP;

  • Dimensões: 158.5 x 73.6 x 7.9 mm;

  • Peso: 172 gramas;

  • Bateria: 4.000 mAh;

  • Extras: recarga rápida de 15 W, leitor de digitais na tela, 4G, alto-falante mono;

  • Cores disponíveis: azul, preto, prata e branco;

  • Sistema operacional: One UI 3 sob o Android 11.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: