Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.035,17
    -2.221,19 (-1,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.592,91
    +282,64 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,66
    -1,87 (-2,94%)
     
  • OURO

    1.733,00
    -42,40 (-2,39%)
     
  • BTC-USD

    44.744,81
    -2.581,95 (-5,46%)
     
  • CMC Crypto 200

    912,88
    -20,25 (-2,17%)
     
  • S&P500

    3.811,15
    -18,19 (-0,48%)
     
  • DOW JONES

    30.932,37
    -469,64 (-1,50%)
     
  • FTSE

    6.483,43
    -168,53 (-2,53%)
     
  • HANG SENG

    28.980,21
    -1.093,96 (-3,64%)
     
  • NIKKEI

    28.966,01
    -1.202,26 (-3,99%)
     
  • NASDAQ

    12.905,75
    +74,00 (+0,58%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7583
    +0,0194 (+0,29%)
     

Samsung estuda nova fábrica de chips de US$17 bilhões

Stephen Nellis e Hyunjoo Jin
·1 minuto de leitura
Estudantes visitam exibição de chips de memória da Samsung em Seul

Por Stephen Nellis e Hyunjoo Jin

SÃO FRANCISCO, Estados Unidos (Reuters) - A Samsung Electronics está considerando Austin, Texas, como um dos locais para uma nova fábrica de chips de 17 bilhões de dólares que a empresa sul-coreana disse que poderá gerar 1.800 empregos.

A gigante da tecnologia está buscando deduções fiscais combinadas de 805,5 milhões de dólares ao longo de 20 anos do Condado de Travis e da cidade de Austin, entre outras isenções fiscais, de acordo com documentos.

A Samsung afirma nos documentos que se Austin for selecionada, a empresa iniciará as obras no local no segundo trimestre deste ano e que a fábrica entrará em operação no terceiro trimestre de 2023.

"Este projeto é altamente competitivo e a empresa está procurando locais alternativos nos Estados Unidos, incluindo Arizona e Nova York, bem como no exterior, na Coreia", disse a Samsung.

A empresa também está levando em consideração o acesso a talentos, ecossistema para a indústria de chips e velocidade de comercialização em sua avaliação dos possíveis locais para a fábrica.

A Samsung planeja fabricar "dispositivos lógicos avançados", o que significa que terá como objetivo produzir os menores e mais rápidos tipos de chips. A empresa possui uma fábrica de processadores em Austin, que produz chips de computação.

Em comunicado à Reuters, a Samsung confirmou que está considerando expandir suas instalações de chips, mas nenhuma decisão foi tomada ainda.