Mercado abrirá em 7 h 30 min
  • BOVESPA

    106.247,15
    -2.542,18 (-2,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.394,03
    -1.070,00 (-2,08%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,01
    +0,42 (+0,38%)
     
  • OURO

    1.812,90
    -3,00 (-0,17%)
     
  • BTC-USD

    29.089,28
    -872,10 (-2,91%)
     
  • CMC Crypto 200

    647,89
    -22,79 (-3,40%)
     
  • S&P500

    3.923,68
    -165,17 (-4,04%)
     
  • DOW JONES

    31.490,07
    -1.164,52 (-3,57%)
     
  • FTSE

    7.438,09
    -80,26 (-1,07%)
     
  • HANG SENG

    20.124,40
    -519,88 (-2,52%)
     
  • NIKKEI

    26.452,89
    -458,31 (-1,70%)
     
  • NASDAQ

    11.920,75
    -14,75 (-0,12%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2336
    +0,0153 (+0,29%)
     

Samsung Display reaproveitará fábrica de telas LCD para painéis OLED

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Depois de passar uma década sem priorizar a produção de televisões com telas OLED, a Samsung resolveu mudar radicalmente sua estratégia a partir deste ano. De acordo com informações divulgadas pelo portal Korea IT, uma de suas fábricas voltadas para a produção de painéis LCD será reaproveitada para suprir a alta demanda pelo OLED.

Samsung apresentou novas televisões QLED recentemente (Imagem: Divulgação/Samsung)
Samsung apresentou novas televisões QLED recentemente (Imagem: Divulgação/Samsung)

Estima-se que a marca faça investimentos superiores a 1 trilhão de won na planta L7-2, quantia equivalente a R$ 3,79 bilhões em conversão direta. Mesmo assim, é esperado que ela funcione com suas capacidades totais apenas no terceiro trimestre deste ano, quando a procura por televisões e outros periféricos deverá começar a aumentar em diversos mercados.

A Samsung Display espera produzir cerca de 180 mil painéis OLED por ano, apenas na fábrica reaproveitada. Mesmo assim, a marca projeta que a demanda será ainda maior, e por isso uma nova planta A5 está em processo de planejamento — entretanto, neste caso não há um prazo para o início das operações.

Há uma importante diferença entre estas duas novas unidades: a reformada L7-2 (também referida como A4-2) será uma planta complementar às já existentes A3 e A4, especializadas em telas com uma tecnologia mais obsoleta de sexta geração.

Enquanto isso, a nova fábrica A5 será totalmente modernizada, para a viabilização dos painéis OLED de oitava geração pensados para produtos mais avançados da marca. Além das televisões, os displays produzidos serão instalados em produtos como celulares, tablets, notebooks, entre outros.

Samsung display aumentará investimentos para paineis OLED (Imagem: The Korea Herald)
Samsung display aumentará investimentos para paineis OLED (Imagem: The Korea Herald)

A marca tem investido bastante em novas tecnologias de display nos últimos anos, com a apresentação de protótipos relacionados a telas dobráveis com diferentes dimensões, inclusive em novas televisões QLED com espessuras cada vez mais baixas.

Além disso, a Samsung Display também poderá aumentar a venda destes componentes para outras marcas parceiras, mesmo que ainda priorize seus próprios dispositivos. A marca tem o objetivo claro de rivalizar com a LG, que também deverá anunciar diversos novos acordos semelhantes ao longo dos próximos meses.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos