Mercado fechado
  • BOVESPA

    105.069,69
    +603,45 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.597,29
    -330,09 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,22
    -0,28 (-0,42%)
     
  • OURO

    1.782,10
    +21,40 (+1,22%)
     
  • BTC-USD

    49.329,39
    +2.275,68 (+4,84%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.367,14
    -74,62 (-5,18%)
     
  • S&P500

    4.538,43
    -38,67 (-0,84%)
     
  • DOW JONES

    34.580,08
    -59,71 (-0,17%)
     
  • FTSE

    7.122,32
    -6,89 (-0,10%)
     
  • HANG SENG

    23.766,69
    -22,24 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    28.029,57
    +276,20 (+1,00%)
     
  • NASDAQ

    15.687,50
    -301,00 (-1,88%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3953
    +0,0151 (+0,24%)
     

Samsung deve lançar novo Exynos 1280 de 5 nm para celulares básicos

·2 min de leitura

Além das gigantes MediaTek e Qualcomm, a Samsung também opera no ramo dos chipsets com a sua linha Exynos de processadores. Atualmente, os Galaxy S21 possuem o Exynos 2100 embarcado, mas a geração do ano que vem deve trazer um sucessor poderoso, sendo o Exynos 2200 o primeiro fruto da parceria da sul-coreana com a AMD.

Isso tornará o Exynos 2200 a primeira plataforma da Samsung a trazer embarcada uma placa gráfica produzida em parceria com a AMD, que graças à microarquitetura mRDNA deve trazer tecnologias das GPUs de computador da série Radeon para dentro dos smartphones, com direito a suporte a Ray Tracing, por exemplo. Mas, além do chip top de linha, a sul-coreana pode estar preparando também uma opção mais em conta para celulares básicos.

Novos rumores falam que a marca deve trazer um novo chipset conhecido como Exynos 1280, que mesmo com essa numeração deve trazer desempenho inferior ao já anunciado Exynos 1080, presente em smartphones como a versão chinesa do Vivo X70 Pro. Segundo o leaker Ice Universe (@UniverseIce no Twitter), o Exynos 1280 deve ser feito em litografia de 5 nm e ser voltado para o mercado de entrada.

Diferente deste ano onde apostou fortemente em processadores de terceiras para enfrentar a crise de semicondutores, é possível que a maior parte dos dispositivos Samsung lançados em 2022 tragam processadores Exynos, visto que atualmente ela trabalha em pelo menos dois chips topo de linha, um intermediário e pelo menos um de nível básico.

Rumores anteriores afirmam ainda que um chip Exynos intermediário também pode contar com GPU produzida pela AMD, sendo possivelmente focado em modelos mais caros da série Galaxy A como Galaxy A73 e Galaxy A53. De qualquer forma, ainda devemos ter que esperar algumas semanas até que informações oficiais sobre os próximos Exynos sejam divulgadas pela Samsung.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos