Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.113,93
    +413,26 (+0,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.726,98
    +212,88 (+0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,07
    -0,39 (-0,61%)
     
  • OURO

    1.777,30
    +10,50 (+0,59%)
     
  • BTC-USD

    61.597,96
    -1.756,34 (-2,77%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.398,97
    +7,26 (+0,52%)
     
  • S&P500

    4.185,47
    +15,05 (+0,36%)
     
  • DOW JONES

    34.200,67
    +164,68 (+0,48%)
     
  • FTSE

    7.019,53
    +36,03 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    28.969,71
    +176,57 (+0,61%)
     
  • NIKKEI

    29.683,37
    +40,68 (+0,14%)
     
  • NASDAQ

    14.024,00
    +10,00 (+0,07%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6872
    -0,0339 (-0,50%)
     

Samsung deve fabricar próximos chipsets high-end da Qualcomm, indica rumor

Renan da Silva Dores
·2 minuto de leitura

Já envolto em diversos rumores, o sucessor do Snapdragon 888 da Qualcomm acaba de ganhar novos detalhes em se tratando de sua fabricação. Ao que tudo indica, a fabricante de chips não deve migrar para a TSMC e seguirá utilizando a infraestrutura e a tecnologia da Samsung para a produção da sua próxima geração de processadores mobile de alto desempenho.

As informações chegam por meio do renomado leaker Roland Quandt, que afirma que o novo chipset da Qualcomm, de número de modelo SM8450 e codinome Waipio, em homenagem ao Waipio Valley no Havaí, já está em fase de testes. Ainda assim, não se sabe se a companhia empregará o processo de 5 nm LPE da gigante sul-coreana, mesma litografia presente no atual Snapdragon 888 e no Exynos 2100, ou se utilizará um processo melhor.

Além do Snapdragon 888, a Samsung pode fabricar o especulado 888+ e seu sucessor (Imagem: Divulgação/Qualcomm)
Além do Snapdragon 888, a Samsung pode fabricar o especulado 888+ e seu sucessor (Imagem: Divulgação/Qualcomm)

As novidades acabam indo de encontro a uma série de outros rumores que indicavam que a Qualcomm abandonaria a Samsung para estabelecer um novo acordo com a TSMC. Caso essas informações se comprovassem, a mudança poderia acabar sendo benéfica para a linha Snapdragon, ao menos de um ponto de vista de eficiência energética. Estudos indicam que os 5 nm EUV da Samsung apresentam eficiência equivalente à litografia de 7 nm da TSMC, colocando os 5 nm da fundição taiwanesa à frente da rival coreana.

Qualcomm e a troca de fabricantes

A parceria entre Samsung e Qualcomm para fabricação dos chips mais potentes da família Snapdragon não é nova, e esteve envolvida em um ciclo de troca de fabricantes no passado. Desde a concepção da linha Snapdragon 800, a TSMC era responsável pela produção dos processadores de alto desempenho da Qualcomm, até a chegada do Snapdragon 810, um fracasso devido às altíssimas temperaturas que atingia e sua consequente perda de desempenho.

Samsung e TSMC "se revezam" para fabricar a linha Snapdragon (Imagem: Divulgação/Qualcomm)
Samsung e TSMC "se revezam" para fabricar a linha Snapdragon (Imagem: Divulgação/Qualcomm)

A Samsung assumiu a série com a chegada do Snapdragon 820, mantendo-se como principal fornecedora da Qualcomm até o Snapdragon 835, com a TSMC retornando para o 845 em diante. Com a chegada do Snapdragon 888, e possivelmente também para sua versão Plus, a Samsung retomou a produção da família.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: