Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.941,68
    -160,31 (-0,15%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.599,38
    -908,97 (-1,73%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,29
    -0,61 (-0,70%)
     
  • OURO

    1.836,10
    -6,50 (-0,35%)
     
  • BTC-USD

    35.068,05
    -1.660,16 (-4,52%)
     
  • CMC Crypto 200

    870,86
    +628,18 (+258,85%)
     
  • S&P500

    4.397,94
    -84,79 (-1,89%)
     
  • DOW JONES

    34.265,37
    -450,02 (-1,30%)
     
  • FTSE

    7.494,13
    -90,88 (-1,20%)
     
  • HANG SENG

    24.965,55
    +13,20 (+0,05%)
     
  • NIKKEI

    27.522,26
    -250,67 (-0,90%)
     
  • NASDAQ

    14.411,00
    -430,00 (-2,90%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1900
    +0,0599 (+0,98%)
     

Samsung desenvolve novo Galaxy Home Mini para seu ecossistema

·2 min de leitura

Em um mundo com Google Assistente e Alexa, a Bixby não consegue competir muito bem. Mesmo assim, a Samsung pode estar planejando uma segunda geração do seu smart speaker Galaxy Home Mini — mesmo que a primeira versão tenha tido baixa recepção e disponibilidade.

Com o número de série SM-V320, o gadget deve oferecer, pela primeira vez, uma tela. Se o primeiro Galaxy Home Mini estava para a Amazon Echo Dot, é provável que o Home Mini 2 esteja para a Echo Show.

Galaxy Home Mini teve venda limitada (Imagem: Reprodução/Sam Mobile)
Galaxy Home Mini teve venda limitada (Imagem: Reprodução/Sam Mobile)

A informação não acompanha desenhos industriais como é comum quando uma patente é descoberta. Dessa forma, o design do speaker ainda é um mistério. Mas a intenção da Samsung em fazê-lo com um display mostra a vontade de adicionar novos recursos. O painel pode ser importante para navegação por uma interface visual em vez de apenas comandos de voz. E pode abrir novas possibilidades, como integração a câmeras de vigilância.

Lançamento restrito à Coreia do Sul

Quem se interessa por um novo dispositivo do ecossistema Galaxy, a má notícia é que a primeira geração do Galaxy Home Mini ficou restrita à Coreia do Sul. A Samsung provavelmente queria amadurecê-lo antes de lançá-lo globalmente, o que nunca aconteceu.

Assim, é incerto se o Home Mini 2 ganharia lançamento global. Se pensarmos que a adoção da assistente virtual do produto importa, a Bixby não é popular. E isso certamente pesa na hora do usuário escolher seu alto-falante inteligente.

Vale lembrar que, passados três meses do seu lançamento, o Galaxy Watch 4 ainda não traz a possibilidade de substituição da Bixby pelo Google Assistente. A empresa pode estar traçando uma estratégia para sua própria assistente ganhar mais tração, restando aguardarmos para ver se um novo Galaxy Home Mini está incluso nisso.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos