Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.923,93
    +998,33 (+0,90%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.234,37
    -223,18 (-0,43%)
     
  • PETROLEO CRU

    80,34
    -0,88 (-1,08%)
     
  • OURO

    1.811,40
    -3,80 (-0,21%)
     
  • BTC-USD

    16.991,04
    +46,09 (+0,27%)
     
  • CMC Crypto 200

    404,33
    +2,91 (+0,72%)
     
  • S&P500

    4.071,70
    -4,87 (-0,12%)
     
  • DOW JONES

    34.429,88
    +34,87 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.556,23
    -2,26 (-0,03%)
     
  • HANG SENG

    18.675,35
    -61,09 (-0,33%)
     
  • NIKKEI

    27.777,90
    -448,18 (-1,59%)
     
  • NASDAQ

    11.979,00
    -83,75 (-0,69%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4940
    +0,0286 (+0,52%)
     

Samsung acredita que Apple lançará dobrável em 2024, mas iPhone chegaria depois

Em conferência realizada com fornecedores de componentes, a Samsung afirmou que a Apple deve entrar no mercado de dispositivos dobráveis em 2024. Porém, a empresa ainda levaria pelo menos um ano extra para lançar um iPhone com tela flexível, que chegaria em algum momento de 2025.

iPhone com tela dobrável deve ser bem mais caro que o padrão do mercado (Imagem: ConceptsiPhone)
iPhone com tela dobrável deve ser bem mais caro que o padrão do mercado (Imagem: ConceptsiPhone)

A informação corrobora rumores anteriores, que afirmaram a possibilidade de a Apple apresentar um iPad como seu primeiro produto dobrável. Este modelo seria bem maior que as 12,9 polegadas do iPad Pro, com dimensões mais próximas das 16 polegadas do MacBook Pro.

O analista da CSS Insight Ben Wood também entende que o primeiro iPhone dobrável apareceria apenas em 2025. O produto precisaria ser bastante caro para não conflitar com a linha principal de smartphones da marca. Com isso, já existem estimativas apontando que um iPhone dobrável deve ser apresentado na casa dos US$ 2.500 — algo próximo a R$ 12.860 em conversão direta. Para efeito de comparação, o iPhone 14 Pro Max chega a até US$ 1.599 (~R$ 8.225) em sua opção com 1 TB de armazenamento.

Portanto, ele também seria muito mais caro que a linha Galaxy Z Fold — atualmente, o Galaxy Z Fold 4 possui preço máximo de US_jobs(data.conteudo)nbsp;2.159 (~R$ 11.139) em sua versão com 1 TB de armazenamento.

Mesmo assim, o analista Ming-Chi Kuo estima que a primeira geração do iPhone dobrável deve ter até 20 milhões de unidades vendidas apenas no seu primeiro ano. Ele acredita que as integrações de software serão capazes de popularizar o produto rapidamente, mesmo com um preço mais alto e relativo atraso em comparação com a Samsung e outras rivais do mundo Android.

iPads e MacBooks dobráveis apostarão na construção compacta

iPad com tela flexível deve chegar antes do iPhone (Imagem: MacRumors)
iPad com tela flexível deve chegar antes do iPhone (Imagem: MacRumors)

Já a aposta da Apple em iPads e MacBooks dobráveis estaria na praticidade, pois os modelos poderiam trazer displays maiores sem ocupar tanto espaço enquanto estão dobrados, por exemplo.

Além disso, os dispositivos devem trazer processadores próprios da série M, assim como já acontece nos modelos atuais. Rumores apontam que um iPad gigante de 16 polegadas deve ser apresentado no final de 2023 — este tablet ainda teria tela rígida, mas já serviria como um ponto de abertura para os painéis mais amplos em produtos do tipo, contando inclusive com uma nova versão do iPadOS mais próxima do MacOS.

De qualquer forma, a Apple ainda não oficializou a existência de uma linha do tempo em relação a seus produtos dobráveis, e nem deve se manifestar até a data de lançamento dos aparelhos.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: